Espalhe o Artigo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Uma instalação padrão do WordPress é muito boa em carregar páginas muito rapidamente. Esta é uma decisão proposital da equipe de desenvolvimento, para manter o núcleo rápido e deixar as funções não essenciais para os plugins, para que as pessoas que não precisam dessas funções não sejam retardadas por elas e as utilizem apenas se optarem.

Com isso dito, a maioria das pessoas começa imediatamente a tentar instalar alguns plugins para obter a funcionalidade que eles estão procurando. À medida que você começar a construir seu site e vai adicionando plugins, você pode não perceber imediatamente os milésimos de segundo aqui e ali que cada plugin adiciona a seu tempo de carregamento.

Se você notou que a velocidade da página está ficando um pouco lenta (ou se você nem sequer considerou), pode valer a pena fazer uma auditoria para ter uma idéia de quais dos seus plugins estão adicionando mais para o seu site o tempo de carregamento. Ironicamente, isso será feito como uso de um plugin. Este chamado de: P3 Plugin Performance Profiler.

P3 Plugin Performance Profiler

P3 Plugin Performance Profiler é um ótimo plugin desenvolvido pela GoDaddy.com que você pode ativar apenas para fazer esta auditoria e, em seguida, desativá-lo quando terminar de afinar o seu site, para que ele não seja mais um plugin ativado a afetar a velocidade geral do site.
P3 Plugin Performance Profiler

Realizando a auditoria

Uma vez instalado o plugin(P3 Plugin Performance Profiler), você encontrará a tela do plugin no menu Ferramentas. A interface de usuário é muito bem organizado e de fácil navegação. Para executar a sua primeira avaliação, aperte o botão Start Scan. Uma vez que feita a varredura automática, ele irá passar por um processo de carregamento de um bom número de suas páginas e avaliar o tempo de carregamento de cada um, o que irá levar um cero tempo, portanto tenha paciência, não se faz uma auditoria correta sem uma amostragem satisfatória 🙂

Compreendendo os resultados do P3 Plugin Performance Profiler

Quando a verificação terminar, você poderá visualizar os resultados da verificação. No topo da tela de resultados, você obtém informações sobre quantos plugins você tem, quanto tempo demorou para carregar todos eles e qual a percentagem da sua velocidade de carregamento da página é atribuível a plugins. Nos testes feitos no TudoParaWordPress, apenas 19,45% do carregamento do site é afetada por plugins (utilizamos 11 plugins e 5 deles para tarefas no backend, para o administrador ligado, portanto o site visitado pelo usuário se utiliza de apenas 6 plugins), mas em testes feitos em site de amigos (que pediram para não revelar detalhes sobre seus sites), chegamos a até 70%, concluindo que tais sites são cerca de 4 vezes mais lento do que era quando o WordPress foi instalado pela primeira vez sem plugins e muitos dos plugins utilizados poderiam ser substituídos por funcionalidades desenvolvidas especificamente para as funções desejadas.

O gráfico em pizza vai lhe dar uma representação visual dos plugins mais pesadas (cada fatia que representa uma porcentagem do tempo total plugin de carga). Conforme falamos anteriormente, é interessante você observar qual plugin(P3 Plugin Performance Profiler) realmente impacta no carregamento do front-end do site. Por exemplo, se você utiliza o WP Smush.it para otimizar imagens, ele aparecerá no relatório, mas este apenas é utilizado quando um editor sobe uma imagem em seu servidor pelo uploader de imagens do WordPress, não afetando o carregamento de seu site.

Se você clicar sobre a guia Detailed Breakdown, você pode passar o mouse sobre cada barra do gráfico e ver o tempo de carregamento real para cada plugin( P3 Plugin Performance Profiler). As guias restantes fornecem informações adicionais sobre como cada página que foi utilizada no teste, uma comparação entre o tempo de carregamento do núcleo do W, o tempo de carregamento do tema e tempo total de carregamento dos plugin, quantas consultas SQL foram necessários para carregar cada página e outras métricas.

Hora para uma mudança?

Uma vez que você executou a verificação em seu site e observou os resultados, você está em uma boa posição para tomar uma decisão para decidir o que fazer com o seu site para melhorar sua performance. Reveja os plugins mais pesados e decida se você realmente precisa deles. Se você não consegue viver sem eles, talvez haja um plugin diferente ou até um snippet legal para o substituir, mais leve e que ainda consiga a mesma funcionalidade.

Fez os testes? Compartilhe conosco!

Quantos plugins seu site utiliza? Qual o impacto dos mesmos no carregamento do seu site (Plugin Load Time e Plugin Impact)?


Espalhe o Artigo
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •