Tag: It9 Marketing Digital

Divulgando Suas Lojas Virtuais
Blog, Loja Virtual

Divulgando Suas Lojas Virtuais – Por Onde Começar?

Divulgando Suas Lojas Virtuais. Nem é preciso dizer que criar um ótimo site de comércio eletrônico é apenas parte da equação. A outra parte é promover sua loja com o objetivo de aumentar as vendas.

Uma loja ou um site por si só não é suficiente para fazer sua primeira venda. Você precisa criar um plano com diferentes técnicas de marketing digital, como SEO, Marketing de Mídias Sociais, Marketing de Conteúdo e PPC para alcançar seus clientes em potencial.

Neste artigo, conheça algumas estratégias para atrair visitas e clientes para seu site.

Divulgando Suas Lojas Virtuais

Divulgando Suas Lojas Virtuais

Uma estratégia é essencial para o marketing de comércio eletrônico, pois sem um plano adequado você acabará desperdiçando um orçamento de inicialização precioso.

Concentre-se em alguns canais e estratégias principais conforme você expande sua loja, mas certifique-se de ter coberto todos os princípios básicos primeiro, para ter a melhor chance possível de sucesso.

Comece um Blog

Blogar é uma maneira fácil e de baixo custo de aumentar o tráfego da web para sua loja e, quando bem feito, também pode ser um grande impulso para sua marca em geral.

Um ótimo blog é um sinal de uma marca de comércio eletrônico confiante que tem algo a dizer.

O blog também é uma excelente maneira de obter mais tráfego orgânico dos motores de busca e também mais leads das redes sociais.

Otimização SEO

Ter um site amigável ao SEO é necessário se você quiser uma boa classificação nas SERPS (Páginas de Resultados dos Mecanismos de Pesquisa).

SEO é uma área do Marketing Digital em rápida mudança e a competição por uma das primeiras posições é enorme, então você precisa manter seu SEO atualizado e em andamento.

Contratar uma boa empresa de SEO garantirá que seu site se ajuste às regras de SEO mais recentes para que sua classificação continue melhorando sem perder clientes para a concorrência.

Publicidade PPC

A publicidade PPC é uma ótima maneira de semear uma nova loja online ou produto com uma nova base de usuários. As campanhas podem ser altamente direcionadas, pois se baseiam nas palavras-chave que as pessoas usam na caixa de pesquisa do Google e você só paga pelos cliques em seus anúncios (PPC), o que também os torna mais econômicos.

Mas este canal de marketing digital pode ser complicado se você não estiver totalmente familiarizado com ele. É muito mais barato e fácil terceirizar seu PPC – contratando uma agência de Marketing Digital para realizar suas campanhas -; isso é algo que você pode querer fazer se estiver perdendo dinheiro e não obtendo cliques suficientes.

Newsletter e E-mail Marketing

Quando você executa campanhas PPC (seja Facebook, Bing ou AdWords) um dos seus objetivos (além de fazer uma venda) é obter o endereço de e-mail de seus clientes potenciais.

Um blog de alta qualidade e com conteúdo interessante é uma das melhores maneiras de fazer isso, mas também uma página de destino bem projetada pode servir a esse propósito para as pessoas que chegam ao seu site a partir do PPC.

Depois de criar uma lista de e-mail, você pode usá-la como parte de seus esforços de marketing por e-mail para enviar um boletim informativo ou outro conteúdo (ofertas e pesquisas, por exemplo) para seus assinantes. As listas de e-mail ainda são convertidas e você ficará surpreso com os resultados.

Críticas e Prova Social

Ninguém vai comprar em sua loja virtual se ela não tiver avaliações positivas. A prova social positiva é o marketing que você não pode comprar – mas você pode realizá-lo de outras maneiras.

Ofereça a seus clientes um código de desconto tentador em troca de uma avaliação ou adicione um ícone em sua loja mostrando quantos clientes satisfeitos você atendeu.

Os consumidores procuram ativamente por prova social quando estão pesquisando uma compra, então certifique-se de exibir seus comentários positivos em alto e bom som. Os melhores comentários têm imagens, muito texto e são úteis para o próximo cliente. Você também pode marcar produtos populares como ‘tendência’, ‘quentes’ e ‘populares no momento’ para ajudá-los a parecerem mais procurados – as pessoas são influenciadas pela popularidade ao comprar.

Lembre-se de que você pode inserir análises de mídias sociais em sua loja online, bem como selecionar análises de sites de análises externas.

Considere investir em um aplicativo ou plug-in que reúna avaliações para você automaticamente, enviando mensagens, e-mails e pop-ups para seus clientes.

Suas Lojas Virtuais com Mais Visibilidade

As maneiras descritas acima são apenas uma parte do que você pode fazer para promover uma loja online.

Lembre-se de que construir uma presença online nos motores de busca, criar campanhas PPC lucrativas ou executar campanhas de mídias sociais bem-sucedidas leva tempo, mas se você tiver um site de comércio eletrônico funcional e bons produtos, com paciência poderá obter bons resultados.

Referência: Databox

Artigo Publicado em: 13 de jun de 2013 e Atualizado em: 15 de fev de 2021

Queda do Alcance Orgânico no Facebook
Blog, Clients, Company, Facebook, Marketing Digital

Queda do Alcance Orgânico no Facebook – Quem não Paga não Aparece

Recentemente, o Facebook anunciou uma modificação em sua plataforma, em relação ao alcance orgânico, que interfere diretamente na forma como as empresas utilizam a geração de conteúdo para relacionar-se com o seu público. Neste artigo, vamos saber mais sobre esta queda do alcance orgânico no Facebook e conhecer algumas estratégias para que estas mudanças não impactem o seu negócio.

Queda do Alcance Orgânico no Facebook

O que é Alcance Orgânico

O alcance orgânico corresponde à quantidade de pessoas que realmente viram a postagem da sua fan page, sem que sua empresa tenha investido em anúncios. Na realidade, quando uma publicação é feita em uma fan page, somente algumas poucas pessoas visualizam este post em seu feed.

Isto acontece, pois o Facebook analisa, por meio de seu algoritmo, as interações entre consumidores e os posts realizados nas fan pages, com o objetivo de exibir o conteúdo mais relevante para cada pessoa.

Inicialmente, o alcance orgânico do Facebook girava em torno de 100%. Assim, as empresas viram uma possibilidade de impactar uma grande quantidade de pessoas com a sua marca, pois era possível divulgar produtos e serviços por meio do relacionamento com pessoas que compartilhavam interesses similares à mensagem desta marca.

A Queda do Alcance Orgânico

Em 2017, o Facebook já anunciou algumas mudanças nos algoritmos que definem o alcance orgânico, para favorecer cada vez mais a exibição de publicações de amigos e familiares no feed de notícias, ao invés de publicações das fan pages.

O fundador da rede social, Mark Zuckerberg, alega que o objetivo da rede é priorizar a interação entre as pessoas, especialmente entre conhecidos, já que o Facebook foi construído para ajudar as pessoas a permanecerem conectadas e encontrar mais pessoas com as mesmas afinidades.

No início de 2018, o Facebook informou que esta atualização no algoritmo não modifica a forma como as postagens são exibidas, nem mesmo a forma como o público interage com elas.

Segundo as informações da rede social, o algoritmo está ficando cada vez mais criterioso para compreender o que cada usuário busca quando está online, para assim, mostrar o que ele realmente deseja. Na realidade, se isto não acontecesse, ao entrarmos no Facebook teríamos, em média, 1500 postagens para ver.

Além disso, a forma como a interação do usuário é contabilizada está sendo modificada. Anteriormente, mesmo que uma pessoa passasse rapidamente por um post, já era considerado uma visualização. Como agora é a interação real que conta, a mensuração deste alcance demonstra números inferiores.

Como Utilizar estas Mudanças a Favor da sua Empresa

Anúncios – “Quem não Paga não Aparece”

Queda do Alcance Orgânico no Facebook

Não podemos negar que o investimento em anúncios passou a ser indispensável para que uma marca tenha resultados expressivos no Facebook, pois esta é a melhor forma de fazer seu conteúdo chegar ao seu público. Mas para isto, é necessário que a empresa passe a conhecer melhor quem é a sua persona, de forma a criar o conteúdo mais relevante para ela.

Grupos – Favorecendo a Interação

Desenvolver uma estratégia voltada para os grupos também pode ser muito relevante, pois este “ambiente” favorece o diálogo e a troca de experiências, assim como as indicações de produtos e serviços.

Contudo, é importante lembrar que, aqui, a comunicação deve ser diferenciada. Posts com “propaganda” não são bem vistos e podem prejudicar a imagem da sua empresa, ao invés de impulsionar seus resultados. Aqui na It9, estamos desenvolvendo esta estratégia com bons resultados, principalmente em nichos de mercado mais complexos, como o Marketing Médico.

Seu Site – Invista na sua Própria Casa

Já é senso comum que fazer marketing não significa apenas ter uma fan page no Facebook. O site continua sendo a zona de engajamento mais importante para o seu público, pois é lá que podemos trabalhar as dores e os desejos da sua persona, conduzindo-a à conversão e à fidelização.

Incentive a Interação do seu Público

Por fim, não podemos esquecer do básico: as pessoas interagem com o que é relevante para elas. Assim, produza conteúdos que façam sentido para a sua persona e incentivem o compartilhamento. Ao publicar apenas o que a sua empresa acha interessante, sem pensar nos interesses da sua persona, mesmo investindo em anúncios, seus resultados podem não ser tão expressivos quanto a sua estratégia estimou.

Gostaria de alcançar melhores resultados com o seu marketing no Facebook? Nós da It9 podemos ajudar a produzir o conteúdo que o seu público quer receber!