[dropcap style=”default, circle, box, book”]C[/dropcap]om a chegada da conexão à Internet 4G no Brasil, uma dúvida tem rondado a cabeça dos usuários: qual será o futuro do 3G? O novo padrão de ultra velocidade será implantado, gradualmente, nos próximos anos e deve se popularizar com o tempo. Porém, essa nova tecnologia acabará com o 3G?

Em primeiro lugar, não há motivos para se preocupar: o 4G não vai acabar com o 3G. As duas tecnologias vão funcionar simultaneamente, da mesma forma que o 3G e o 2G. Essas conexões utilizam frequências diferentes e, por isso, não há sobreposição. Ou seja, quem não tem um smartphone 4G poderá navegar normalmente na rede atual, mantendo sua velocidade.

Outro ponto a favor da manutenção do serviço 3G é que a maioria dos aparelhos do Brasil não possui compatibilidade com o novo padrão de Internet. Além disso, alguns smartphones, como o iPhone 5, possuem frequência incompatível com o 4G brasileiro. Sendo assim, a expectativa é de que o 3G ainda tenha uma vida relativamente longa no país e conviva com o 4G pelos próximos anos.

Até mesmo para os consumidores que já têm telefones 4G, a rede atual é bastante importante. Afinal, somente as sedes da Copa das Confederações têm o novo padrão em funcionamento. Em locais onde a rede LTE não estiver disponível, o celular se conectará ao 3G.

Relatos de Usuários:

Ridiculo chamar isso q temos de 4g.Pra ser considerado 4g,a velocidade tem q ser de pelo menos 40Mbps.Segundo as medicoes feitas,a velocidade encontrada foi de 12 a 15 Mbps.Isso nao e 4g,e no maximo um 3g turbinado.E o 3g deveria ser de uns 10Mbps e nao essa coisa ridicula q temos.Eita Brasil!!! – Fabio Santos

Primeira matéria que TODOS os comentários estão dizendo a mesma coisa… KKKKKK Internet no Brasil é a lenha… Se tá ruim em SP imagina em RR, AM… Sem preconceito… Só falando a realidade… – Seiji Junior

3G no brasil é pouca coisa melhor que a internet discada, de anos atrás. Serviço caríssimo, inconfiável, lerdo e sem cobertura total no território. Basta sair de capitais que o sinal já é uma droga… país dos péssimos serviços a preço de ouro. – Gustavo Volpe

Espalhe o Artigo