E-Mail Marketing – Como e Por que Funciona?

Autor: Danillo Leite

Publicado em: - Modificado em:

E-Mail Marketing. Com que frequência verifica a sua caixa de e-mail? Costuma receber de pessoas próximas ou são, geralmente, mensagens (assinaturas) de lojas, empresas e cursos, por exemplo? Independentemente da resposta, o e-mail é uma forma de se comunicar com alguém e no Marketing ele também é utilizado.

Chamado de E-mail Marketing, é caracterizado por conter conteúdos, produtos e promoções que são enviados de uma empresa a seus contatos ou clientes, em forma de texto ou HTML, e costumam ser encaminhados por meio de uma ferramenta de disparo e com a frequência que depende de diversos fatores.

Continue acompanhando este artigo para saber detalhes sobre o E-mail Marketing e como e por que esse tipo de comunicação funciona.

Entendendo o E-mail Marketing

O E-mail Marketing se trata de uma forma de comunicação direta (de uma caixa de e-mail para outra) entre a empresa e o cliente, e se destaca por ter menos chances de não ser entregue ao destinatário, como pode acontecer com as publicações nas redes sociais.

Logo, com essa estratégia de marketing digital, a empresa consegue se conectar com leads, manter o contato, convertê-los em clientes e fidelizá-los após a venda, o que pode ser providenciado por meio do atendimento personalizado, pessoal e exclusivo, compartilhamento de conteúdo, fornecimento de material relevante (geralmente, em troca de dados pessoais) e de promoções exclusivas, por exemplo.

E para isso, são analisadas taxas de abertura de e-mail para entender quem de fato está interessado pelo conteúdo ou se a comunicação está sendo feita da maneira certa; cliques após abrir o e-mail e conversão para saber se conseguiu atingir os objetivos.

Tipos de E-mail Marketing

Dependendo do tipo de produto ou serviço oferecido, e da finalidade da mensagem a ser enviada, são utilizados formatos variados de comunicação, sendo os mais adotados, por exemplo:

  • Anúncios – voltado para informar sobre lançamentos, alterações no serviço, mensagens importantes, atrasos no envio, atualização de dados, um problema no sistema ou site que possa impactar de alguma maneira na experiência do usuário, entre outros comunicados;
  • Automação – porém, a mensagem é personalizada, ou seja, o envio do e-mail é automático, mas depende da ação do cliente / lead;
  • Boas-vindas – é o primeiro contato assim que a pessoa se inscreve para receber o conteúdo e se destaca por conter informações relevantes, principalmente para ajudar na jornada do cliente;
  • Clientes e leads inativos – enviado quando a pessoa não está mais interagindo com os e-mails recebidos e pode conter oferta interessante e condizente com o perfil do público a ser alcançado;
  • E-commerce – utilizado para engajar e manter a relação com o cliente, divulgar novidades, aumentar a taxa de conversão, enviar promoções e reduzir o número de compras não finalizadas (carrinhos de compras abandonados);
  • Newsletter – também é informativo, por isso, tem uma abrangência maior e costuma ser utilizada para divulgar o conteúdo do blog e informar sobre atualizações e novidades sobre a empresa ou o setor em que está inserida;
  • Promocional – é mais direcionado para converter o acesso em compra e utilizado para promover uma oferta especial de conteúdo gratuito ou de serviço / produto (físico, digital gratuito), lançamentos e exclusividade;
  • Sazonal – voltado para as datas comemorativas ou especiais, com mensagens personalizadas para cada ocasião, como Black Friday e Natal, por exemplo.

Principais Benefícios

Quando alguém inscreve o e-mail para receber as mensagens de uma empresa, é porque têm relevância e a tendência é que de fato o conteúdo seja consumido. Além disso, existem benefícios por trás dessa ação, como:

  • Construir um relacionamento – assim como despertar o interesse, é fundamental para gerar receita e manter contato com o cliente (fidelização);
  • Custo-benefício – pode não haver ou ser menor em relação aos outros canais do marketing;
  • Direcionamento – como citado anteriormente, o acesso é direto e individual, por isso, é de uma caixa de entrada para outra;
  • Facilidade – tanto para começar quanto para medir os resultados (taxas de abertura, cliques e conversão), que podem ser bem-sucedidos ao investir em texto simples;
  • Público que procura – os e-mails são enviados porque há interesse na marca e pede para recebê-las (reconhecimento da marca);
  • Segmentar o envio – as mensagens enviadas permitem a elaboração de conteúdos diferentes para cada tipo de público, porque são personalizadas de acordo com as necessidades.

Diante disso, é preciso analisar cada situação e a finalidade da comunicação, estudar o seu público-alvo e os clientes em potencial, oferecer uma boa experiência, personalizar os e-mails de acordo com cada campanha e lead / cliente, entender o tipo de layout e texto que melhor funciona, adaptar a mensagem para que seja consumida em qualquer tipo de aparelho, se atentar à frequência de envios, entre outras variantes que influenciam nos bons resultados do E-mail Marketing.

Pode parecer muita coisa, mas não se preocupe com isso, a iT9 Marketing Digital pode ajudar a sua empresa a conseguir alcançar esses objetivos e outros que desejar. Entre em contato conosco para entendermos o que melhor funciona para você e o seu público.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Compartilhar:
© iT9 Marketing Digital em Santo André - Todos os Direitos Reservados.
Um produto AbcTudo Notícias