I T 9 M A R K E T I N G
Velocidade Da Pagina

Velocidade da Página: Por que é Importante para o SEO?

Da perspectiva do usuário, a Velocidade da Página é importante porque ele fica frustrado quando clica em um link e nada parece acontecer, ou quando leva muito tempo para que qualquer informação apareça.

Mas isso importa quando se trata de SEO? Neste artigo, saiba como a Velocidade da Página afeta o desempenho de SEO de uma página da web, como você pode descobrir a velocidade da página e o que fazer para acelerá-la.

O que é Velocidade da Página?

A velocidade da página é a velocidade necessária para que uma página da web se torne visível e disponível para o usuário.

O Google recomenda manter o tempo de carregamento da página inferior a três segundos. E para isso, você precisa manter o peso médio de uma página (o número de bytes que um servidor precisa enviar para um navegador) abaixo de 500 KB.

Como o Google coloca:

“não importa o que aconteça, mais rápido é melhor e menos é mais”.

O Google descobriu que, surpreendentemente, 70% das páginas móveis levam cinco segundos ou mais para mostrar algo útil aos visitantes, mesmo na rede 4G. O fato de que 79% dessas páginas eram maiores do que 1 MB, mais da metade eram maiores do que 2 MB e quase um quarto ultrapassava os 4 MB, certamente tinha algo a ver com isso.

Por que Importa?

Existem muitos motivos para se preocupar com a velocidade da página.

Por um lado, seus visitantes se preocupam. Muitos são tão impacientes quando as páginas não são rápidas o suficiente que clicam no botão “voltar” o mais rápido possível.

Por outro lado, o Google se preocupa pelo mesmo motivo. E sim, o Google usa a velocidade da página ao classificar uma página em seus resultados de pesquisa. Ele fez vários anúncios sobre isso ao longo dos anos:

  • O Google anunciou, em abril de 2010, que incluiria a velocidade da página como um novo sinal em seus algoritmos de classificação para buscas por usuários de computadores desktop;
  • Em janeiro de 2018, o Google anunciou que usaria a velocidade da página como um fator de classificação para pesquisas móveis a partir de julho daquele ano;
  • Em maio de 2020, o Google fez vários anúncios sobre como medir a experiência geral da página e como usá-la em seus algoritmos de classificação. E ainda considera a velocidade da página uma parte significativa da experiência;
  • A equipe do Chrome incluiu várias métricas relacionadas à velocidade em seus principais sinais vitais da web e essas, por sua vez, aparecem com destaque nos sinais de experiência da página dos algoritmos de classificação do Google.

O Google não pegou essas recomendações sobre velocidade e peso da página do nada.

Ele analisou as características, a velocidade e os dados de rejeição e conversão de 11 milhões de páginas de anunciantes do Google Ads, em 213 países, e descobriu que a probabilidade de um visitante pular aumenta em 123% conforme o tempo para carregar uma página aumenta de 1 para 10 segundos. Em outras palavras, quanto mais lenta a página ficar, maior será a probabilidade de os visitantes saírem imediatamente.

Quando as chances são altas de um visitante não ficar no site, você nem mesmo tem a chance de convencê-lo a comprar ou a se inscrever – ou a realizar qualquer outra ação que você gostaria que ele realizasse.

O que Afeta o Tempo de Carregamento

Para exibir uma página da web em seu navegador você precisa de um dispositivo (um computador, tablet ou smartphone), uma conexão com a internet, um servidor da web onde a página reside e da própria página.

Cada um desempenha seu papel na velocidade da página.

A velocidade de conexão com a internet do seu dispositivo e do servidor da web limita a velocidade com que os dados podem viajar entre eles. Sua distância física determina quanto tempo levará.

O poder e a configuração do servidor da web limitam quantas solicitações ele pode tratar simultaneamente e a rapidez com que pode enviar os arquivos solicitados.

Da mesma forma, seu dispositivo define o ritmo em que seu navegador pode receber e processar uma página.

O HTML da página controla o quanto seu navegador precisa trabalhar para descobrir como exibir a página e especifica quantas solicitações extras seu navegador precisa fazer para recuperar recursos como folhas de estilo, scripts, imagens, fontes, etc.

O número de bytes nesses arquivos determina quanto tempo levará para levar os dados do servidor da web para o seu dispositivo.

E existem os scripts. Dependendo de como você os inclui no HTML de sua página, seu navegador precisa executá-los antes de processar (exibir) seu conteúdo.

Métricas

Quando você marca o tempo que seu navegador leva para recuperar uma página e todos os seus recursos, e exibi-los, está medindo o tempo de carregamento da página.

Mais interessante para a experiência do visitante em uma página é o tempo que leva para que o navegador possa exibir a primeira tela cheia de conteúdo. Chamamos isso de primeira pintura significativa ou primeira pintura contextual.

Depois, há o tempo para o primeiro byte – quanto tempo leva para o navegador receber o primeiro byte de dados do servidor da web. Isso diz muito sobre a velocidade da conexão à internet.

É possível medir a velocidade manualmente, mas é muito mais preciso e eficiente usar uma ferramenta projetada para determinar várias métricas, como o PageSpeed ​​Insights, do Google. Essa plataforma analisa uma página da web e gera sugestões para torná-la mais rápida.

Quando se trata de desempenho de SEO, a velocidade é importante. A maneira como os visitantes experimentam seu site é importante e isso afeta sua classificação.

Se você deseja garantir uma boa velocidade da página em seu site, experimente os super servidores que a iT9 Marketing Digital disponibiliza para seus clientes e veja o que eles podem fazer pelas suas métricas de desempenho.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:

Quem leu também se interessou por

Deixe um Comentário, uma Dúvida ou Sugestão