Blog

B2B: Estratégia de Marketing
Blog

B2B: Estratégia de Marketing

B2B: Estratégia de Marketing: Sua empresa não vende diretamente ao Consumidor Final? Como o Marketing Digital pode te ajudar? Entenda qual a diferença de um negócio B2B para um B2C e a importância de investir em marketing em negócios desse tipo.

B2B: Estratégia de Marketing

Qual é o seu Objetivo Core?

“Seu negócio é B2B ou B2C?”

Esse questionamento já lhe foi perguntando e para piorar você ficou na dúvida e perdido meio sem saber inclusive do que se tratava?

Bom por, parte à parte iremos agora desvendar os segredos do Marketing Digital e iremos sanar essa dúvida.

B2b e B2C

B2B: Estratégia de Marketing

B2B: Estratégia de Marketing

Ambos os termos B2B e B2C são muito comuns e utilizados no mundo dos negócios, que descrevem características específicas do seu público alvo.

O que temos que ter em mente é entender o que significam para fortalecer sua estratégia de Marketing e pensar formas eficientes de fortalecer a relação entre você e seus cliente.

B2B significa “Business to business”, ou “Empresa para empresa”, e o B2C significa “Business to Consumer” ou “Empresa para consumidor”.

Quando utilizamos o termo B2B para descrever um negócio, isso quer dizer que seu público-alvo são ao invés de pessoas e ou consumidores finais são outras empresas. Não o consumidor final, como é o caso de empresas B2C.

Assista diretamente no Youtube se assim preferir.

Negócio tenha Sucesso

Estratégia de Marketing para negócios. Para que um negócio tenha sucesso, é fundamental que o empreendedor tenha clareza da sua proposta de valor e do público que ele pretende atender, para a partir daí, desenvolver uma estratégia adequada aos seus desafios.

Separando um Pequeno Exemplo

Talvez não seja relevante para uma empresa B2B investir em uma estratégia de anúncios para a mídia social do Facebook (FB), porém discordando de outras empresas do Mercado, a iT9 Marketing aposta em marketing de conteúdo para o Facebook mesmo para o B2b. O consumidor final dela está ali? Está com certeza! porém não para fazer negócios e esse é o segredo. Quem sabe possa trazer muito mais vantagens, e comunicar melhor a empresa apostar numa estratégia de presença da marca no LinkedIn.

Vender para uma grande empresa pode ser uma excelente oportunidade para seu negócio

Em geral, grandes empresas apostam na terceirização como uma solução mais econômica e vantajosa para diversos setores de uma empresa – e isso varia de empresa para empresa – como a gestão administrativa, de TI, de comunicação e marketing, vendas, telemarketing, transporte e distribuição, RH, serviços de limpeza e manutenção, serviços jurídicos, entre outros.

Mas, assim como a terceirização é um bom caminho para desafogar áreas e contar com a experiência de outras empresas para fortalecer o negócio, também há o outro lado da moeda: você, PME, pode pensar a terceirização como uma grande oportunidade de negócio: de prestar serviços para uma grande empresa.

Para isso, você precisa estar preparado para atender à nova demanda. Então, cuidado para não dar um passo maior do que sua perna. Você só deve entrar numa situação como essa, se realmente estiver com a operação redondinha. Faça as contas, veja se você conseguirá atender à demanda da grande empresa sem criar problemas financeiros para você.

Outro ponto importante: você precisa atender ao padrão de qualidade da empresa para quem você está fornecendo, claro. Então, é muito importante que você invista em melhorar processos, para ganhar em produtividade.

B2B: comunique sua empresa e agregue valor à marca com uma boa estratégia de marketing

Um dos grandes desafios de um negócio B2B é encontrar formas inteligentes e interessantes de se vender para seus clientes. É preciso comunicar sua empresa ativamente. Como fazer isso para outras empresas sem parecer pedante? Da mesma forma que uma empresa que vende para o público final faria: sendo relevante na vida do seu consumidor.

Você pode fazer isso investindo em conteúdo. Talvez esteja no marketing de conteúdo a maior oportunidade (além de um bom produto, serviço e preços competitivos, claro) de se diferenciar no mercado. De maneira geral, as empresas ainda estão engatinhando nesse campo.

Há várias opções de formatos de conteúdo que você pode investir. Para definir isso, você precisa considerar o seu cliente e o que faria ele reconhecer você como uma autoridade no assunto. A melhor maneira de levar interesse para você é se vender para o mercado como um especialista na sua área de atuação.

Revistas impressas com reportagens relevantes sobre o mercado em que estão inseridos (esqueça aquele blablabla de ficar se autopromovendo. Entregue para seu cliente dados que ele vai achar interessante, e que agreguem algo ao negócio dele e ao seu. O objetivo é, justamente, mostrar como você conhece do mercado e está alteando as novidades e tendências.

O LinkedIn também pode ser um espaço muito relevante. Que tal criar grupos de discussão, e promover debates construtivos? Essa rede social também é um ótimo espaço para divulgar estudos de caso ou quaisquer materiais que você esteja produzindo como pesquisas de mercado ou infográficos. Priorize a qualidade e você será relevante.

Você tem que pensar que é possível que seu cliente busque por serviços como o seu no buscador favorito de todos no brasil o Gigante de buscas na internet Google e também, tem que dedicar tempo ao BING.

Então, se alguém realizar uma Busca para os itens:

  • Advogados para CNPJs,
  • Transportadora, e você oferece o serviços de transporte, você precisa garantir que o site da sua empresa aparecerá no topo da lista de busca. O caminho para ter esse resultado é uma boa estratégia de SEO.
Mas o Relacionamento Pessoal Continua sendo muito Importante

Nada como um aperto de mão para selar um contrato ou uma bela apresentação de um serviço. A segurança do empreendedor naquilo que faz e vende é um fator fundamental. Então, por mais que você invista em conteúdo de qualidade e esteja colhendo bons frutos (como ser considerado uma referência em seu setor, o toque pessoal não pode faltar).

Invista no atendimento do seu cliente. Responda seus e-mails, ligue para ele e pergunte se está tudo correndo bem e se ele precisa de algo. Esteja ali para apoiar o cliente de verdade e seja honesto. Nada substitui uma relação de confiança construída sobre a base sólida do trabalho de qualidade.

Funcionários Precisam ser Embaixadores da sua Marca

Essa é uma das dicas deste artigo da INC.

Quando você engaja verdadeiramente seus funcionários com a sua empresa B2B, eles serão seus melhores propagandistas. Darão o seu melhor no atendimento aos clientes e na execução de suas tarefas. O trabalho deles falará mais alto do que qualquer coisa e isso vai gritar aos olhos do cliente (da mesma forma que um funcionário de cara feia também chama a atenção e até espanta clientes).

Fontes Importantes de Informações

Comprar Seguidores Instagram
Blog

Instagram sem Likes (Curtidas): Dicas

Instagram sem Likes (Curtidas): Dicas: Versão web do Instagram e aplicativos de terceiros continuam mostrando os likes nos posts de amigos

Instagram sem Likes (Curtidas): Dicas

Aos poucos os Likes vem voltando ao Normal no Instagram do Mundo todo, nossas contas dos Canada, Usa e algumas do Brasil já retornaram.

Instagram sem Likes (Curtidas): Dicas

Instagram sem Likes (Curtidas): Dicas

O Instagram parou de mostrar o número de likes nas fotos no Brasil desde a última quarta-feira 17, mas com alguns truques é possível trazer as curtidas de volta. Aplicativos para celular Android e iPhone (iOS), como o Follower Analyzer e o Reports+, mostram várias informações sobre a conta de amigos, inclusive, o número de likes nas fotos. Outra opção — mais simples — é recorrer a versão web do Instagram, que, até o momento, continua mostrando a quantidade de interações nos posts. Confira a seguir dicas e apps para voltar a ver os likes do Instagram.

Como ver os likes no Instagram web

Para acessar versão web pelo celular ou no PC, basta acessar o site oficial da rede social (Instagram.com), fazer login com seu email ou diretamente através do Facebook. Depois de fazer o login, o feed com número de curtidas deve estar disponível e aparecer na tela inicial. É importante destacar que não se sabe até quando a função estará disponível na versão web. Caso o teste de esconder os likes também chegue ao site do Instagram, uma alternativa é usar sites de terceiros.

Como ver os likes do Instagram usando outros apps

O Follower Analyzer permite que você obtenha informações sobre a conta de seus amigos de forma rápida. Com um limite de cinco análises por dia, ele mostra o número de seguidores, comentários e curtidas de cada conta. Além disso, o app também tem as seguintes ferramentas: tendências de curtidas e comentários, publicações mais curtidas, menos curtidas, mais comentadas e menos comentadas e muito mais. O aplicativo é gratuito, mas existem recursos pagos.

O Reports+, ao contrário do anterior, é um app de gerenciamento dos destaques da própria conta. Apesar de ser focado na autopromoção, também permite que o usuário veja as curtidas e comentários de outras contas. Contudo, essa informação não está disponível para qualquer conta. Para ter acesso, é preciso seguir a pessoa ou que ela seja sua seguidora. O aplicativo também traz outros recursos como: informar quem não está te seguindo de volta, números de seguidores que você ganhou ou perdeu, gráficos de engajamento da conta etc. O aplicativo é gratuito, mas oferece recursos pagos.

O Whadeo é um aplicativo de monitoramento de atividades de qualquer conta aberta do Instagram. Ao adicionar os amigos a uma lista, o usuário consegue acompanhar as atividades, entre elas as curtidas e os comentários. Além disso, ele também permite ver o número de seguidores e pessoas que segue, o número de publicações, favoritar a conta, receber notificações das atividades, compartilhar a publicação, repostar e baixar a foto. Apesar de o aplicativo ser gratuito, existem recursos que precisam ser pagos.

Como sugere o nome, o aplicativo é usado para monitorar e vigiar as atividades das contas do Instagram. O Stalkie permite que o usuário acesse qualquer conta, desde que ela seja aberta, portanto, não é necessário ser amigo da pessoa stalkeada para descobrir o número de curtidas em suas fotos. O aplicativo é gratuito, mas para ativar algumas funções, ele precisa ser assinado. O Stalkie traz diversos recursos, entre eles: baixar fotos e vídeos do feed, baixar stories e fotos de perfil etc.

 

Melhorar a conformidade com a HIPAA do seu site médico
Blog, Desenvolvimento de Site, Marketing, Marketing Digital, SEO, Web

Razões Importantes para Proteger seu Site Médico com SSL

Razões Importantes para Proteger seu Site Médico: Falar de confiança é sempre um assunto delicado. Principalmente na internet, onde o obscuro mundo da impunidade ainda tem espaço. Não é difícil ler noticias sobre relatos de roubos online ou de vazamentos de alguns milhares de senhas e ou dados de usuários. Isso sendo por roubo ou até mesmo por negligencia. A confiança é um componente fundamental da relação médico-paciente. Um paciente entra em seu consultório vulnerável, fraco ou doente devido a uma doença médica, e confia em você para fornecer um remédio.

Proteger seu Site Médico

Essa mesma filosofia também se aplica à experiência que eles compartilham com você em seu site médico. Seja a primeira experiência de um paciente em seu site inserindo informações médicas privadas ou um paciente fiel adquirindo seu regime de suplemento mensal em sua loja on-line, um site médico seguro é crucial para manter a mesma confiança e profissionalismo que você fornece em seu escritório.

A internet é projetada para compartilhamento de informações, criando uma complexa teia de interações. Informações de todos os tipos podem passar por muitos servidores e redes antes de chegar ao destino pretendido. Qualquer uma dessas redes tem o potencial de interceptar informações se os dados não forem adequadamente protegidos em sua jornada.

Especialistas em segurança dizem que os criminosos cibernéticos valorizam mais as informações médicas de uma pessoa do que as informações de cartão de crédito. Eles usam essas informações para comprar equipamentos médicos ou remédios para revenda e para criar falsas alegações de seguro.

SSL (Secure Sockets Layer) é uma medida de proteção que criptografa os dados do seu site médico para o servidor de hospedagem para garantir a privacidade e a segurança. Instituições bancárias, lojas online e até mesmo sites de mídia social usam SSL para proteger as informações de seus usuários.

Então, por que o SSL é importante para você e para o seu site médico? Abaixo estão os 5 principais benefícios de missão crítica que o SSL oferece à sua prática médica.

1. Melhore a conformidade com a HIPAA do seu site médico

Melhorar a conformidade com a HIPAA do seu site médico

Um formulário “Fale Conosco” é um elemento básico da maioria dos sites médicos (e deve fazer parte do seu caso ainda não esteja disponível). Os pacientes gostam da facilidade de acesso e da facilidade de marcar uma consulta com você on-line. Normalmente, os formulários de contato contêm campos para preencher nome, número de telefone e endereço de e-mail.

Uma escolha mais popular nos últimos anos é adicionar uma seção de comentários onde um paciente pode listar o motivo pelo qual um compromisso é solicitado ou os sintomas e preocupações de uma doença em potencial. A HIPAA considera este texto Protected Health Information (PHI) e, como tal, exige que o detentor desta informação, você, defenda rígidos padrões de privacidade e segurança de dados.

O primeiro passo para que seu site médico fique mais próximo da conformidade com a HIPAA é criptografar todos os dados de formulário enviados com a tecnologia SSL. SSL criptografa os dados que viajam pela Internet entre o navegador do visitante e o servidor do site. Também autentica o servidor de recebimento para verificar sua identidade. Ao criptografar os dados com SSL, você garante que, mesmo que os dados sejam capturados até o servidor por qualquer pessoa, eles não poderão ser descriptografados e lidos sem uma chave adequada. Sem SSL, os dados de seus pacientes seriam transmitidos através de redes públicas como texto simples – fácil de capturar, ler e usar de forma maliciosa por hackers.

O não cumprimento da HIPAA pode resultar em penalidades civis e criminais com base no nível de negligência (ou seja, as multas aumentam com o número de pacientes afetados por uma violação de dados). Usando SSL para proteger as informações de seus pacientes e sua prática é barata e é o primeiro passo para um site compatível com HIPAA.

2. Construa a confiança do paciente

Construa a confiança do paciente

Durante a maior parte da última década, o setor de assistência médica sofreu um impacto quando se trata dos níveis de confiança que os pacientes têm com seus fornecedores. Os pacientes não estão mais dispostos a confiar cegamente nos médicos; os pacientes agora assumem papéis mais ativos em sua saúde, com informações médicas prontamente disponíveis on-line.

Tornou-se agora o papel do profissional de saúde decifrar o fato da ficção dessas noções preconcebidas, restabelecendo a crença de que o médico sabe melhor e, portanto, deve ser confiável.

Se as informações de um paciente forem comprometidas por meio de uma violação de dados em seu site, a mesma confiança que você trabalhou tão arduamente para construir pode se dissolver rapidamente.

Para adicionar combustível ao fogo, os dados retirados do seu site podem ser usados ​​para tentar acessar outros sites. Como os pacientes habitualmente usam as mesmas informações para o seu site que usam para serviços bancários on-line e sua loja de varejo favorita, o hacker agora terá acesso a informações pessoais e privadas em todos esses sites.

Os pacientes modernos são muito experientes em tecnologia e notarão a falta de privacidade e segurança de dados do seu site. O uso de um certificado SSL para criptografar a transmissão de dados do seu website ajudará você a inspirar confiança nos visitantes do seu website e criar essa confiança crucial do paciente.

3. Aumentar as conversões do site

Aumentar as conversões do site

Enquanto um site desempenha um papel fundamental na retenção contínua de pacientes, muitos profissionais da área médica criam um site com o objetivo de adquirir novos pacientes. Para maximizar o retorno do investimento e aumentar a conversão de visitantes do site em visitas ao escritório, seu site deve exibir o indicador crucial de segurança da construção – o cadeado verde ou amarelo.

A maioria dos pacientes informa que irá procurar um ícone de segurança SSL ou um selo de verificação de segurança na página inicial, antes de enviar informações pessoais por meio de um site. Se o seu site não fornecer esse nível básico de proteção e segurança, é provável que seus visitantes cliquem em seus concorrentes em vez de solicitar um compromisso com você.

O SSL é uma abordagem barata para aumentar as taxas de conversão do site. Se os pacientes virem os sinais familiares de segurança em seu website, o ícone de cadeado e os “https” na barra de endereço, eles provavelmente preencherão e enviarão o formulário de solicitação de compromisso.

4. Aprimore a conformidade com o PCI

Aprimore a conformidade com o PCI

Como empresa, haverá oportunidades para vender produtos que você recomendaria para pacientes em seu site, ou talvez já seja uma parte próspera de seu modelo de negócios. Uma loja on-line alivia a necessidade de um paciente retornar ao escritório para um item de rotina. Ele também impede que os pacientes levem seus negócios a um varejista on-line como a Amazon, onde você geralmente não pode confiar na autenticidade ou na qualidade do produto.

O Padrão de Segurança de Dados do Setor de Cartões de Pagamento (PCI-DSS) fornece uma diretriz para empresas que lidam com cartões de crédito de marca, incluindo Visa, MasterCard, American Express e Discover. Eles ajudam comerciantes de todos os tamanhos a implementar políticas de segurança e processos on-line para proteger violações e roubo de dados do titular do cartão.

Parte do PCI-DSS exige o uso de SSL em sites de comércio eletrônico. O SSL criptografa as informações do cartão de crédito conforme elas são enviadas para um servidor de processamento da mesma forma que criptografa as informações do paciente de um formulário de contato.

Instituições de cartão de crédito podem cobrar multas como punição para os comerciantes que não cumpram com o PCI e aumentar as multas de forma constante. Essas instituições também podem multar um comerciante quando ocorrer uma violação de dados e basear as multas no montante de portadores de cartão afetados pela violação.

5. Aumente suas classificações do Google

Aumente suas avaliações do Google

Uma das principais prioridades do Google é enviar seus usuários para sites seguros. Eles promovem ativamente as melhores práticas de privacidade e segurança de dados para empresas na web para enfatizar a necessidade de navegação segura na Internet. Na verdade, o Google lançou recentemente um relatório semanal de rastreamento de seus esforços de criptografia para fazer a transição de todos os seus sites e serviços para SSL, bem como os esforços dos sites de terceiros mais visitados da web.

O Google leva a privacidade e a segurança tão a sério que agora aumentam a classificação de sites que se esforçam para proteger as informações de seus usuários, especialmente aqueles que usam a tecnologia SSL. Embora seja atualmente um sinal leve, o uso de SSL em seu site pode impulsionar seus rankings de SEO.

Com o tempo, o Google também sugere que o SSL pode desempenhar um papel ainda maior nos rankings, enquanto eles continuam a fazer campanha por uma Internet mais segura. Os sites inseguros poderão ver uma queda drástica nos rankings se isso ocorrer.

O SSL não é um upgrade de segurança que você exclui ou um anúncio pop-up que você fecha rapidamente. O pequeno sinal de bloqueio que você vê na barra de endereço significa que o site se esforça para proteger as identidades dos usuários e a integridade dos negócios.

Profissionais de saúde e seus sites médicos têm uma obrigação maior de proteger as informações de seus pacientes (pessoais e financeiras) do que outros sites de negócios. Atualize seu site médico com SSL para ajudar a proteger a confiança de seus pacientes, melhorar a conformidade legal do seu site, aumentar seu ranking do Google e converter mais visitantes do website em pacientes.

Google não usa Marcação de Perfil Social para os Painéis
Blog

Google não usa Marcação de Perfil Social para os Painéis

Google não usa Marcação: O Google está desaprovando o uso de marcação de perfil social, que antes era necessário para os botões de mídia social serem exibidos em painéis de conhecimento do motor de busca.

Agora o Gigantes das buscas planeja que em um futuro próximo, assim como os engenheiros do Google dizem. O motor do google não usa marcação por que descobrirá automaticamente perfis relevantes de mídia social e os incluirá em painéis de conhecimento

Ícones Sociais do Google no Automático

Google não usa Marcação de Perfil Social para os Painéis

Qualquer pessoa com um painel de conhecimento reivindicado poderá sugerir perfis de mídia social que não sejam adicionados automaticamente.

Isso pode ser feito pesquisando seu painel de conhecimento no Google e clicando em “sugerir uma edição”.

Se você não visualizar essa opção, talvez não tenha feito login na mesma conta que confirmou a propriedade do painel de conhecimento.

Depois de sugerir uma edição, o Google analisará a precisão, verificando se os perfis sociais estão associados à sua marca em outros lugares na web.

Se aceita, a edição sugerida aparecerá no painel de conhecimento.

Mas se eu não tenho a Propriedade de um painel de conhecimento?

Aqui fica um grande adendo, pois somente o proprietário que tem sua conta verificada para a administração de um painel de conhecimento pode sugerir edições.
Se você não possui o seu próprio painel de conhecimento, ganhar a propriedade é um processo bastante simples.

Primeiro, pesquise a entidade que você representa e encontre o painel de conhecimento que você deseja reivindicar.
rsEm seguida, clique em “reivindicar este painel de conhecimento” na parte inferior.

Para reivindicar a propriedade, o Google solicitará que você faça login em outros perfis associados à entidade, como Twitter, YouTube ou Search Console.

Depois de fazer login, você terá a propriedade e poderá gerenciar seu próprio painel de conhecimento.

O Google observa que a ordem em que os perfis sociais são listados em um painel de conhecimento não pode ser alterada. Você só pode sugerir a adição de novos perfis sociais ou editar perfis sociais existentes.

Google Retirou os Anúncios Laterais?

Retirada da Barra Lateral

Retirada da Barra Lateral

Seguindo suas tentativas de faturar mais e mais, em fevereiro de 2019 a Gigantes de buscas o Google Removeu de sua famosa página de busca os anúncios laterais nas buscas feitas pelo desktop.

Agora, anúncios na barra lateral podem aparecer somente em dois casos:

  • Vitrine de produtos do Google Shopping
  • Anúncios no Painel de Conhecimento

Assim que os usuários perceberam a alteração e ficou a dúvida se era ou não algo proposital e se proposital se era ou não definitivo. Sem longa demora começaram a chover comentários por toda a rede, dando a certeza que seria quase o fim do mundo e que o valor dos cliques subiriam de forma astronômica, começam a surgir os primeiros resultados e comentários sobre essa mudança do Google.

Agora vou comentar o que foi possível obter de informação do Google Boston.

Alguém tem a Perder com esta Mudança?

  • Sim, os resultados orgânicos!

Junto com a retirada da barra lateral, agora podem aparecer até quatro anúncios nos resultados superiores da página (que antes só apareciam até três anúncios), “empurrando” os resultados orgânicos um pouco mais para baixo na página do Google.

Agora a probabilidade de anúncios orgânicos aparecerem antes de da dobra da página é de 8% aproximadamente. Isso quer dizer antes de o usuário rolar a página (antes da dobra).

Pensando na entrega LOCAL a coisa fica um pouco pior. Já que após os anúncios do Google Ads, ainda aparece um mapa indicando algumas empresas locais, para só depois aparecer os anúncios de texto orgânico.

A Mudança tem algum Vitorioso?

Google Shopping

Google Shopping é uma dos poucos anúncios que podem aparecer na barra lateral do Google.

Nas pesquisas que ele aparece na parte superior, o número de anúncios de texto diminuem para um ou dois.

Sem contar ainda que, como ele mostra a marca, a foto e o preço dos produtos já na pesquisa, satisfazendo a busca do usuário, as campanhas de Google Shopping, isso de fato pode representar de um para cada 3 cliques de anúncios.

Google Ads

Essa mudança, de forma racional. Não representa uma mudança de fato. Pois é sabido que a procura feita por celulares já ultrapassa a realizada por Desktops.
Lembrando que no celular nós nunca tivemos a barra lateral. O Gigante Google apenas unificou os formatos. Não existe motivo real para um alarde, bom isso ao menos por enquanto.

Essa “Sidebar” nunca apresentou um resultado satisfatório.

Essa "Sidebar" nunca apresentou um resultado satisfatório.

Essa “Sidebar” nunca apresentou um resultado satisfatório.

Anúncios inferiores recebem mais cliques.

O Próprio buscador Google relatou algo parecido lá em meados de 2011:

“Em muitos casos, constatamos que exibir os anúncios abaixo dos resultados de pesquisa é mais adequado para o fluxo do usuário, pois ele analisa a página de cima para baixo. Em média, em nossos testes, esse posicionamento teve um desempenho melhor do que os anúncios laterais em termos de taxa de cliques.”.

Porém aqui temos que refletir. O Google não sairia perdendo já que ele fatura pelos cliques recebidos.

Por mais que os anunciantes possam aumentar um pouco o valor do clique para ficarem na parte superior, com certeza eles já tinham dados pra saber que teriam mais retorno retirando a barra lateral.

Tem mais cliques disponíveis para anunciantes.

Segundo um artigo para a Search Engine Land, apesar de termos um número menor de anúncios patrocinados na página do Google, aumentou em 18% (dezoito) a chance de um destes anúncios ser clicado do que nos resultados anteriores.

Danillo, existe alguma forma de se adaptar?

Aumentar o CPC

Esta talvez seja a ação mais rápida a ser feita. Aumentando o CPC, aumenta também a posição do anúncio, fazendo com que ele tenha mais probabilidade de aparecer no topo da página. Esta ação depende muito dos resultados que estão sendo obtidos e da estratégia de cada empresa, pois o lucro tende a ser menor. Mas em muitos casos compensa fazer o teste.

Melhorar o Índice de Qualidade

Como a posição do anúncio é definido também pelo índice de qualidade das palavras (e não só pelo valor do clique), aumentar este número aumentará as chances do anúncio aparecer nas primeiras posições. Existem várias técnicas para aumentar este atributo e logo faremos um artigo falando só sobre isso.

Usar extensões de anúncio

Extensões de anúncios tais como sitelinks, local, chamada, frases de destaque, entre outros, além de ajudar a aumentar o índice de qualidade das palavras ainda mudam um pouco o layout do anúncio, tornando-o mais chamativo. Como alguns anúncios na parte inferior do Google também estão apresentando extensões de anúncio, nada mais interessante do que aproveitar essa oportunidade.

Ativar o Google Shopping

Para quem possui e-commerce, esta talvez seja a primeira alternativa. Como vimos, o Google está cada vez mais priorizando a apresentação dos produtos usando o Google Shopping, por isso, as lojas virtuais precisam usar este tipo de campanhas para aparecer no topo das pesquisas e ter mais chance de ser clicado do que seus concorrentes.

Por fim, para deixar mais resumido a ideia do que eu quis expor aqui. Google Google Ads de forma certa, preocupada com os resultados e sempre otimizando as campanhas não tem muito o que se preocupar. Elas afetam muito pouco os bons anunciantes.

Caso tenha ficado alguma dúvida ou queira deixar uma sugestão, coloque nos comentários que vamos prolongando a discussão.