Notebooks

Teclado de notebook trocando letras por números
Blog, Notebooks, Suporte

Teclado de notebook trocando letras por números

teclado de notebook trocando letras

teclado de notebook trocando letras

Você digita uma letra e na tela aparece um número? Não se preocupe, seu notebook não quebrou: você apenas ativou o teclado numérico.

Esse é um problema bastante comum ->  de repente, você não sabe como, o teclado do seu notebook ficou “maluco”. Você digita uma letra mas em seu lugar aparecem números, “e se4s e-0a53s f5ca0 desse 1e5t6”. Não se preocupe, seu notebook não está com defeito: você apenas ativou sem perceber uma função pouco conhecida, o teclado numérico.

Teclado de notebook trocando letras por números

Os teclados de PCs “de mesa” tem um teclado numérico separado, muito útil para quem passa o dia lidando com números, mas nos notebooks geralmente não há espaço para isso. A solução encontrada pelos fabricantes foi dividir o espaço com as teclas “normais”, e usar uma tecla de função (Num Lock, ou Num LK em alguns teclados) para alternar entre os dois

Teclado de notebook trocando letras por números

Se você prestar atenção, vai ver que todas as teclas que ficaram “malucas” estão na metade direita do teclado, e provavelmente tem um número pintado em uma cor diferente nelas. Este número indica a função da tecla quando o Num Lock está ativado. Por exemplo, a tecla J é 1, O é 6, e por aí vai.

Para levar seu teclado de volta ao normal, basta desativar o teclado numérico. A combinação exata varia de modelo para modelo, mas seu teclado deve ter uma tecla escrito Num Lk em cor diferente. Segure a tecla de função (Fn) e pressione a tecla do Num Lock. No meu notebook, por exemplo, a combinação é Fn + Ins. Pronto, problema resolvido!

Função do Num Lock clique aqui

NoteBook
Blog, Notebooks, Suporte

Notebook liga inicializa mais trava ou reinicia após algum tempo de uso. Dicas de como resolver

Notebook liga inicializa mais trava ou reinicia

Notebook liga inicializa mais trava ou reinicia

Este tipo de problema pode ser ocasionado por vários motivos, aquecimento, vírus, Windows corrompido e etc… Siga estas dicas para ter uma rápida solução.

Principais causas observadas e soluções já testadas:

  1. [dropcap style=”default, circle, box, book”]V[/dropcap]erifique se as especificações de tensão e corrente da fonte de alimentação estão de acordo com as necessidades do notebook, se não estiver providencie uma fonte compatível. Obs. nunca use fonte universal.
  2. [dropcap style=”default, circle, box, book”]R[/dropcap]etire a bateria e ligue o notebook, bateria com defeito causa este sintoma. Ligue o notebook direto na energia sem a bateria.
  3. [dropcap style=”default, circle, box, book”]V[/dropcap]írus também são responsáveis por um grande número de problemas de travamento, para isso sempre mantenha a base de vírus do programa Antivírus Atualizada e faça um SCAN no seu sistema na procura de eventuais vírus. Nunca use dois antivírus simultaneamente. Verifique sempre se existem atualizações do Sistema Operacional em uso, principalmente novos drives de dispositivos.
  4. [dropcap style=”default, circle, box, book”]M[/dropcap]emórias de baixa qualidade ou mal encaixadas ou com oxidação nos contatos na minha opinião é a principal causa de travamentos e instabilidade no sistema. Para ver se sua memória está em boas condições teste com o MemTeste. Se puder, teste com outra memória RAM.
  5. [dropcap style=”default, circle, box, book”]H[/dropcap]D com Bad Blocks ou muito fragmentado podem causar este sintoma. Embora não seja muito comum de acontecer o disco rígido pode estar sendo o vilão disso tudo. Verifique os sensores de SMART do seu disco rígido e se ele estiver formatado em Fat32 use o Scan-disk com opção de verificar o disco todo em busca de setores defeituosos. Se o sistema de arquivos usado for o NTFS vá no Prompt de comando e digite CHKDSK /F/R para uma verificação completa. Se você usar o Linux use o comando e2fsck -pycvf – Se o disco tiver muitos Bad Blocks ou estiver fazendo barulhos estranhos provavelmente ele estará condenado e nesse caso é recomendável trocá-lo.
  6. [dropcap style=”default, circle, box, book”]A[/dropcap]nálise da Temperatura. Durante a execução prolongada do a temperatura vai aumentando bastante, para os Processadores no geral é bom que ela não esteja passando dos 70°C – Caso a temperatura do seu Processador esteja alta, verifique a correta instalação do cooler e do Dissipador, Sujeira, bem como o devido uso da pasta térmica boa qualidade. Para este procedimento a necessidade de bom conhecimento de desmontagem de notebooks. Para análise de temperatura via software aconselho o Everest ou Aida64.

Algumas das dicas acima precisam de um pouco de conhecimento técnico. Não tente fazer se tiver alguma dúvida.

Este é um guia básico que cobre as situações mais comuns para a maioria dos usuários. Claro que você pode implementar este guia adicionando seus próprios procedimentos. Sugestões são sempre bem-vindas.

Se com estas dicas acima o notebook não funcionar. Será necessário levar seu notebook a assistência técnica para uma análise mais adequada.

Notebook liga inicializa mais trava ou reinicia

Compartilhando arquivos e pastas entre Notebooks com Windows e Macs
Blog, Mac, Notebooks, Suporte, Windows

Compartilhando arquivos e pastas entre Notebooks com Windows e Macs

Compartilhando arquivos e pastas

Compartilhando arquivos e pastas

Compartilhando arquivos e pastas entre notebooks com sistemas distintos é possível, desde que se faça os ajustes necessários em cada plataforma.

Eis uma situação corriqueira entre notebooks e desktops de uma mesma rede: Compartilhando arquivos e pastas. Em redes cujos computadores clientes usam o mesmo sistema operacional, isso é muito fácil: basta habilitar a opção de compartilhamento de arquivos nas preferências do sistema e só. As dificuldades surgem quando os computadores utilizam sistemas operacionais diferentes, como por exemplo, estações de trabalho usando Windows e outras Mac OS X, o sistema operacional das máquinas da Apple. Nestas situações, habilitar a opção de compartilhamento não é suficiente e outros ajustes se fazem necessários.

COMPARTILHANDO ARQUIVOS E PASTAS DE UM COMPUTADOR COM MAC.

A configuração do Mac para deixar que o Windows acesse seus arquivos é praticamente a mesma usada para trocar arquivos com outros Macs, bastando informar ao sistema operacional OS X quais pastas queremos tornar acessíveis e definir as permissões para elas.

[accordion open=”8″]
[accordion-item title=”Configurando o MAC”]

Configurando o Mac
Abra a janela de Compartilhamento, nas Preferências do Sistema, clique no ícone do cadeado
no canto inferior esquerdo e digite sua senha de administrador para desbloqueá-lo (se necessário). Em seguida, marque a opção Compartilhamento de Arquivos e clique no botão Opções. Marque a opção Compartilhar Arquivos e Pastas usando SMB (Windows).

Na lista de usuários que aparece, defina qual conta você deseja compartilhar. Digite a senha da conta na caixa de diálogo de autenticação e clique em Ok. Repita essas etapas para outras contas que pretende compartilhar e, então, clique em Concluído.

Por padrão, o Mac OS X vai compartilhar as pastas públicas de cada usuário habilitado. Para habilitar o compartilhamento de outras pastas, clique no sinal de mais (+) da lista de pastas compartilhadas e selecione a unidade de sua preferência.

Você pode definir as permissões de acesso para cada pasta compartilhada na área de Usuários. Se você for o único usuário da máquina, os privilégios de Leitura & Gravação já devem estar selecionados. Máquinas com vários usuários cadastrados em uma mesma rede pode controlar o acesso de cada um clicando no botão mais (+), em Usuários, para importar contatos do Address Book, ou cadastrar novas pessoas.

A partir de agora, as pastas configuradas para serem compartilhadas devem estar disponíveis para um PC com Windows.

Compartilhando arquivos e pastas entre Notebooks com Windows e Macs

[/accordion-item]

[accordion-item title=”Configurando o Windows XP como cliente”]

Configurando Windows XP como cliente…

Clique no menu Iniciar e vá para Meus Locais de Rede. Se o seu Mac não estiver listado na rede local, clique no ícone das pastas que aparecem na barra de ferramentas. Na coluna de pastas à esquerda, procure pelo Mac nos Meus Locais de Rede. Dê um duplo clique sobre a pasta do Mac e digite o nome de usuário e senha para a conta que você deseja acessar.

Compartilhando arquivos e pastas entre Notebooks com Windows e Macs

[/accordion-item]

[accordion-item title=”Configurando o Windows 7 como cliente”]

Configurando Windows 7 como cliente…

Clique no menu Iniciar e vá para Meu Computador (ou qualquer janela que abra o Windows Explorer). Na barra lateral, clique no triângulo ao lado da Rede para expandir as opções. O nome do Mac no do qual se deseja acessar arquivos deve estar lá. Clique sobre ele para mostrar as pastas compartilhadas.

Compartilhando arquivos e pastas entre Notebooks com Windows e Macs

Compartilhando arquivos e pastas entre Notebooks com Windows e Macs

[/accordion-item]
[/accordion]

COMPARTILHANDO ARQUIVOS E PASTAS DE UM COMPUTADOR COM WINDOWS.

O processo de configuração para compartilhar arquivos de um PC para um Mac varia de acordo com a versão de Windows que você utilizar.

[accordion open=”8″]
[accordion-item title=”Configurando o Windows XP”]

Configurando o Windows XP

Se a opção para compartilhamento de arquivos ainda não estiver configurada, abra o menu Iniciar e escolha Meus Locais de Rede. Clique em Configurar uma Rede Doméstica ou de Pequena Empresa, na coluna da esquerda. Quando a tela de configuração de rede aparecer, avance até chegar na janela de Compartilhamento de Arquivos e Impressoras. Clique em Ativar o Compartilhamento de Arquivos e Impressoras e depois em Avançar. O Windows irá pedir para reiniciar o computador para aplicar as alterações.

Por padrão, a pasta Documentos Compartilhados estará disponível para outros usuários da rede. Para compartilhar outras pastas, clique com o botão direito do mouse sobre a pasta desejada em qualquer janela do Windows Explorer, e selecione Propriedades. Abra a aba Compartilhar e selecione as opções desejadas.

Compartilhando arquivos e pastas entre Notebooks com Windows e Macs

[/accordion-item]

[accordion-item title=”Configurando o Windows 7″]

Configurando o Windows 7

Antes de mais nada, será necessário criar uma senha para a conta do administrador. Clique no menu Iniciar e abra o Painel de Controle. Clique em Contas de Usuário, selecione Criar uma senha para sua conta e siga as instruções.

Se você ainda não configurou o Windows 7 para o compartilhamento de arquivos, abra novamente o Painel de Controle e vá para o Central de Rede e Compartilhamento. Clique em Escolher opções do Grupo Doméstico e de Compartilhamento, e então vá para Alterar as Configurações de Compartilhamento Avançada.

Na janela seguinte, marque Ativar Descoberta de Rede, Ativar Compartilhamento de Arquivo e Impressora, Ative o Compartilhamento de Pasta Pública e Compartilhamento Protegido por Senha. Na área de Conexões de Compartilhamento de Arquivos, habilite a criptografia de 128 bits, e em Grupo Domestico, mantenha a configuração padrão. Quando terminar, clique em Salvar Alterações.

Para compartilhar pastas específicas, vá a qualquer janela do Windows Explorer e dê um clique com o botão direito do mouse sobre a pasta que deseja compartilhar. Clique em Compartilhar Com e escolha a pessoa que você deseja compartilhar. Depois, é só definir o nível de acesso permitido para o usuário.

Compartilhando arquivos e pastas entre Notebooks com Windows e Macs

[/accordion-item]

[accordion-item title=”Configurando o MAC como cliente”]

Configurando o MAC como cliente…

Abra o Finder, clique no triângulo ao lado da pasta Compartilhados, na barra lateral. Clique na opção do PC com Windows e insira o nome de usuário e senha da sua conta de administrador. As pastas compartilhadas deverão aparecer.

Se o computador não aparecer na barra lateral do Mac, vá até o menu Ir e clique em Conectar ao Servidor. Em seguida, digite smb:// endereço_ip ou smb:// nome_do_computador (para descobrir o endereço IP ou nome do computador, procure por “Qual é o meu nome?”) Se isso não funcionar, tente adicionar a porta de número :139smb:// endereço_ip :139 no final do endereço IP ().


Compartilhando arquivos e pastas entre Notebooks com Windows e Macs

Qual é o nome do computador com Windows? Para compartilhar arquivos de um PC para um Mac, na maioria das vezes, é preciso saber o nome do computador ou endereço IP. Veja como descobrir tanto no Windows 7 como no Windows XP:

Windows XP
Clique no menu Iniciar, vá até Painel de Controle (modo de exibição clássico), clique duas vezes em Conexões de Rede e, em seguida, clique no nome da conexão ativa. Lá você irá encontrar o endereço IP na guia Suporte. Para descobrir o nome do computador, vá ao menu Iniciar, Meu Computador, clique em Exibir informações do sistema e, logo após, abra a guia Nome do Computador.

Windows 7
Abra o Painel de Controle (exibição por categoria), clique em Exibir o status e as tarefas da rede e clique na sua conexão ativa. Na próxima caixa de diálogo, clique em Detalhes. O endereço IP será mostrado em frente à informação IPv4. Para encontrar o nome do computador, vá ao menu Iniciar e clique em Computador. O nome do computador aparece no canto inferior esquerdo da janela ao lado do ícone da máquina.

 Compartilhando arquivos e pastas entre Notebooks com Windows e Macs

[/accordion-item]
[/accordion]

 

NoteBook
Blog, Notebooks, Suporte

Notebook não inicializa e trava na tela antes de carregar o sistema ou durante o uso

notebook

Notebook

Seu notebook está travando? Trocou ou adicionou algum componente que fez ele ficar pior do que estava? Você não aguenta mais as malditas travadas e congelamentos? Você já está pensando em desistir de usar seu notebook?

Calma, para isso existe uma solução, siga esses  passos para determinar a causa do problema que está te deixando furioso.

1) Memórias de baixa qualidade ou mal encaixadas ou com oxidação nos contatos na minha opinião é a principal causa de travamentos e instabilidade no sistema. Para ver se sua memória está em boas condições teste  com o MemTeste. Se puder, teste com outra memória RAM.

NoteBook

2) Análise da Temperatura. Durante a execução prolongada do a temperatura vai aumentando bastante, para os Processadores no geral é bom que ela não esteja passando dos 70°C – Caso a temperatura do seu Processador esteja alta, verifique a correta instalação do cooler e do Dissipador, Sujeira, bem como o devido uso da pasta térmica boa qualidade. Para este procedimento a necessidade de bom conhecimento de desmontagem de notebooks. Para analise de temperatura via software aconselho o Everest ou Aida64.

3) Verifique se as especificações de tensão e corrente da fonte de alimentação estão de acordo com as necessidades do notebook , se não estiver providencie uma fonte compatível.  Obs. nunca use fonte universal.

4)  Retire a bateria e teste de novo, bateria com defeito causa este sintoma.

5)   Em que programa o problema ocorre? Verifique quando o problema ocorre, não seria o culpado um programa em especifico. Tome cuidado com programas de terceiros que você instala, principalmente os mais antigos, as vezes o problema pode estar sendo causado por aquele programinha que você instalou para tentar melhorar o desempenho mais que na verdade está tirando a estabilidade do sistema. Evite o uso de gerenciadores de memórias, tome cuidado com programas que façam alterações no registro do sistema e use sempre o Gerenciador de Tarefas para ver se existe algum processo estranho aberto, programas que atuam em modo de serviço e rodam na “sombra do sistema”.

6) Update da bios. Verifique também se você já está com a ultima versão da Bios instalada, pois as atualizações de bios resolvem muitos problemas de instabilidade. Consulte a pagina do fabricante do seu notebook para baixar e atualizar a Bios para a ultima versão.

7) HD com Bad Blocks ou muito fragmentado podem causar este sintoma. Embora não seja muito comum de acontecer o disco rígido pode estar sendo o vilão disso tudo. Verifique os sensores de SMART  do seu disco rígido e se ele estiver formatado em Fat32 use o Scan-disk com opção de verificar o disco todo em busca de setores defeituosos. Se o sistema de arquivos usado for o NTFS vá no Prompt de comando e digite CHKDSK /F/R para uma verificação completa. Se você usar o Linux use o comando e2fsck -pycvf – Se o disco tiver muitos bad-blocks ou estiver fazendo barulhos estranhos provavelmente ele estará condenado e nesse caso é recomendável trocá-lo.

8) Configurações da Rede. Embora não seja muito comum uma rede mal configurada pode trazer instabilidade, nesse caso desconecte o notebook da rede ou cheque as configurações de rede para saber se existe algum problema. Você pode também tentar ir ao “Gerenciador de Dispositivos e tentar desabilitar a(s) placa(as) de rede que estiverem instaladas.

9) Vírus também são responsáveis por um grande número de problemas de travamento, para isso sempre mantenha a base de vírus do programa Antivírus Atualizada e faça um SCAN no seu sistema na procura de eventuais vírus. Nunca use dois antivírus simultaneamente. Verifique sempre se existem atualizações do Sistema Operacional em uso, principalmente novos drives de dispositivos.

10) Se você efetuou os passos acima e ainda assim continuam os problemas, é hora de dar uma formatada no seu HD e começar tudo de novo. Formate o disco rígido apagando tudo que tem nele e faça uma nova instalação do sistema operacional. Atualize os drives dos periféricos (placa de vídeo, modem, rede, som, etc..), certifique-se sobre a procedência dos drives. Nesse ponto é bom ir com cuidado para tentar descobrir se o motivo do travamento é algum drive de dispositivo ou até mesmo um conflito de de requisição de Recursos. Também vale lembrar que não vai adiantar muito re-instalar por cima o sistema operacional, pois os problemas persistiram, importante mesmo é formatar e começar do zero.

Alguns vírus, spyware, exploits, spybots ou programas de procedência duvidosa podem comprometer a estabilidade do notebook ao alterarem valores no registro do sistema e mesmo quando são removidos o registro pode permanecer danificado. Outra coisa que esse procedimento de apagar e instalar tudo de novo resolve é o travamento causado quando se troca uma placa mãe ou uma placa de vídeo sem formatar o disco rígido e instalar o Sistema Operacional Novamente. Em último caso tente usar outro sistema operacional para ter certeza mesmo que o problema é de ordem física ou Hardware

Estas dicas são indicadas para usuários avançados ou profissionais de informática que já conheçam procedimentos básicos hardware e software de  notebooks, se não for o seu caso, leve seu notebook em uma assistência técnica de confiança.

Este é um guia básico que cobre as situações mais comuns para a maioria dos usuários. Claro que você pode implementar este guia adicionando seus próprios procedimentos . Sugestões são sempre bem-vindas.

Se com estas dicas acima o notebook não funcionar. Será necessário levar seu notebook a assistência técnica para uma analise mais adequada.

notebook nao liga tela escura bga
Blog, Notebooks, Suporte

Notebook acende Leds do painel mais não aparece imagem na tela. Não liga, só acende ou pisca as luzes

BGA

BGA

Confira aqui algumas dicas para tentar resolver este tipo de problema. O que é BGA?! Defeitos, Sintomas e Outros.

Possíveis causas observadas e soluções já testadas:

1) Verifique se as especificações de tensão e corrente da fonte de alimentação estão de acordo com as necessidades do notebook , se não estiver providencie uma fonte compatível.

2) Retire a bateria e teste de novo, bateria com defeito causa este sintoma.

3)  Se possível troque a memórias ou se tiver duas memórias tente ligar só com uma a fim de testá-las.

4) Tente resetar a Bios. Tire a bateria e a fonte de alimentação e segure o botão do power por 30 segundos. Depois tente ligar o notebook normalmente (não funciona com todos os notebooks).

5) Pode ser um problema no HD (Hard Disk) e outros periféricos podem causar este sintoma. Teste-os em outro notebook ou retire-os um a um testando em seguida para ver se tem algum periférico em curto-circuito que possa estar provocando este sintoma. Obs: Antes de retirar os periféricos um a um, desligue o notebook.

6) Este sintoma pode ser causado por falha geral na placa mãe do Notebook, esta falha pode ser proveniente de solda fria no CI BGA do controlador de vídeo da placa mãe do notebook, neste caso a placa deverá ser recuperada em laboratório de manutenção por um profissional especializado em estação infravermelho, ar quente ou outra específica para retrabalho em solda BGA

Algumas das dicas acima precisam de um pouco de conhecimento técnico. Não tente fazer se tiver alguma dúvida.

Se com estas dicas acima o notebook não funcionar, a possibilidade de seu notebook estar com problema no BGA da placa mãe é muito grande.

celeron mobile bga
BGA, o problema que afeta muitos notebook de quase todas as Marcas…

Devido a normas europeias que proíbem o comércio de produtos eletrônicos que contenham metais pesados como chumbo, mercúrio, entre outros, pois são nocivos ao meio ambiente, a indústria está se adequando e eliminando esses materiais das suas soldas e componentes, utilizando uma tecnologia de solda chamada Lead free ou Pb-free (solda livre de chumbo), para poder vender seus produtos em países com essa exigência.

A solda sem chumbo é uma solda mais rígida, pois não possui as propriedades mecânicas do chumbo (maleabilidade), que é substituído por prata ou cobre e tem seu ponto de fusão maior suportando melhor altas temperaturas, porém é uma tecnologia que está amadurecendo, por isso os problemas…

Causas do Problema

Em função da flexibilidade do aparelho, somado a tecnologia da liga de solda dos componentes, movimentos como o de abrir e fechar a tampa LCD, digitar, usar o notebook no colo, impactos no transporte, rompem a solda da trilha ou do chip BGA causando mau contato, pois a solda é rígida e não suporta elasticidade, iniciando imediatamente superaquecimento em função deste mau contato – (pois não há secção nominal suficiente para passagem dos elétrons), perdendo funções diversas, como wireless, teclado, USB, mouse, travamentos, telas azuis e finalmente não ligando mais, podendo até queimar o chip.

Neurologista Infantil

Sintomas típicos de problema no bga dos notes:

  • Notebook liga acende os leds mas não passa imagem para a tela e nem para monitor externo.
  • Dispositivo wirelles não é reconhecido no windows.
  • Teclado e touchpad não funcionam e portas usb não reconhecem nenhum dispositivo
  • Notebook demora para ligar,as vezes liga as vezes não.
  • Notebook apresenta tela azul na hora da formatação mesmo quando se substitui hd e memória
  • O notebook não tem energia e não há LEDs ativos.
  • Falha nas portas USB’s e no funcionamento da webcam.
  • O notebook não se inicializa.
  • O indicador de carga da bateria não se acende quando a bateria está instalada e o adaptador AC está conectado.
  • O notebook emite um único bipe, durante a inicialização, indicando que não há alimentação.
  • O monitor externo funciona, mas não há imagem na tela LCD do notebook.
  • O notebook emite dois ou três bips, e não emite imagem na tela LCD do notebook.
  • O notebook emite quatro bips, pisca os leds e não emite imagem na tela LCD do notebook
  • O notebook pisca os leds, e não emite imagem na tela LCD do notebook
  • O notebook liga somente um vez aparecendo imagem na tela LCD, mas após desligado não volta a dar imagem quando acionado o botão de power on.
  • A imagem fica quadriculada ou distorcida quando o notebook é ligado ou durante o processamento de Dvds ou vídeos.

A solução!

É um problema simples de resolver com as ferramentas certas, com 80% de chance de reparo.

Removemos o chip BGA, trocamos as soldas em esferas do BGA por uma liga estanho-chumbo (Sn63/Pb67), e se necessário trocamos o chip BGA por um novo, utilizando estação de solda BGA infra vermelho, que garante precisão absoluta e qualidade de fábrica nas soldas, revisamos o sistema de resfriamento, resolvendo em definitivo os problemas da placa-mãe e do notebook.

ENVIE SEU NOTEBOOK PARA UM ORÇAMENTO

GRATUITO E SEM COMPROMISSO.

Trabalhamos com manutenção e reparo em Placa Mãe de Noteboks, netbooks, laptop e All in One. Fazemos reballing do Chip Set (bga), reparo em fontes de notebooks, troca de cabos das fontes de notebooks, manutenção em todas as marcas (Acer, HP, ASUS, LG, Sony, Samsung, Itautec, Dell, Apple, Positivo, Compac, Lenovo, intelbras).

O que é BGA? Clique aqui
Forum da HP