Marketing

Melhorar a conformidade com a HIPAA do seu site médico
Blog, Desenvolvimento de Site, Marketing, Marketing Digital, SEO, Web

Razões Importantes para Proteger seu Site Médico com SSL

Razões Importantes para Proteger seu Site Médico: Falar de confiança é sempre um assunto delicado. Principalmente na internet, onde o obscuro mundo da impunidade ainda tem espaço. Não é difícil ler noticias sobre relatos de roubos online ou de vazamentos de alguns milhares de senhas e ou dados de usuários. Isso sendo por roubo ou até mesmo por negligencia. A confiança é um componente fundamental da relação médico-paciente. Um paciente entra em seu consultório vulnerável, fraco ou doente devido a uma doença médica, e confia em você para fornecer um remédio.

Proteger seu Site Médico

Essa mesma filosofia também se aplica à experiência que eles compartilham com você em seu site médico. Seja a primeira experiência de um paciente em seu site inserindo informações médicas privadas ou um paciente fiel adquirindo seu regime de suplemento mensal em sua loja on-line, um site médico seguro é crucial para manter a mesma confiança e profissionalismo que você fornece em seu escritório.

A internet é projetada para compartilhamento de informações, criando uma complexa teia de interações. Informações de todos os tipos podem passar por muitos servidores e redes antes de chegar ao destino pretendido. Qualquer uma dessas redes tem o potencial de interceptar informações se os dados não forem adequadamente protegidos em sua jornada.

Especialistas em segurança dizem que os criminosos cibernéticos valorizam mais as informações médicas de uma pessoa do que as informações de cartão de crédito. Eles usam essas informações para comprar equipamentos médicos ou remédios para revenda e para criar falsas alegações de seguro.

SSL (Secure Sockets Layer) é uma medida de proteção que criptografa os dados do seu site médico para o servidor de hospedagem para garantir a privacidade e a segurança. Instituições bancárias, lojas online e até mesmo sites de mídia social usam SSL para proteger as informações de seus usuários.

Então, por que o SSL é importante para você e para o seu site médico? Abaixo estão os 5 principais benefícios de missão crítica que o SSL oferece à sua prática médica.

1. Melhore a conformidade com a HIPAA do seu site médico

Melhorar a conformidade com a HIPAA do seu site médico

Um formulário “Fale Conosco” é um elemento básico da maioria dos sites médicos (e deve fazer parte do seu caso ainda não esteja disponível). Os pacientes gostam da facilidade de acesso e da facilidade de marcar uma consulta com você on-line. Normalmente, os formulários de contato contêm campos para preencher nome, número de telefone e endereço de e-mail.

Uma escolha mais popular nos últimos anos é adicionar uma seção de comentários onde um paciente pode listar o motivo pelo qual um compromisso é solicitado ou os sintomas e preocupações de uma doença em potencial. A HIPAA considera este texto Protected Health Information (PHI) e, como tal, exige que o detentor desta informação, você, defenda rígidos padrões de privacidade e segurança de dados.

O primeiro passo para que seu site médico fique mais próximo da conformidade com a HIPAA é criptografar todos os dados de formulário enviados com a tecnologia SSL. SSL criptografa os dados que viajam pela Internet entre o navegador do visitante e o servidor do site. Também autentica o servidor de recebimento para verificar sua identidade. Ao criptografar os dados com SSL, você garante que, mesmo que os dados sejam capturados até o servidor por qualquer pessoa, eles não poderão ser descriptografados e lidos sem uma chave adequada. Sem SSL, os dados de seus pacientes seriam transmitidos através de redes públicas como texto simples – fácil de capturar, ler e usar de forma maliciosa por hackers.

O não cumprimento da HIPAA pode resultar em penalidades civis e criminais com base no nível de negligência (ou seja, as multas aumentam com o número de pacientes afetados por uma violação de dados). Usando SSL para proteger as informações de seus pacientes e sua prática é barata e é o primeiro passo para um site compatível com HIPAA.

2. Construa a confiança do paciente

Construa a confiança do paciente

Durante a maior parte da última década, o setor de assistência médica sofreu um impacto quando se trata dos níveis de confiança que os pacientes têm com seus fornecedores. Os pacientes não estão mais dispostos a confiar cegamente nos médicos; os pacientes agora assumem papéis mais ativos em sua saúde, com informações médicas prontamente disponíveis on-line.

Tornou-se agora o papel do profissional de saúde decifrar o fato da ficção dessas noções preconcebidas, restabelecendo a crença de que o médico sabe melhor e, portanto, deve ser confiável.

Se as informações de um paciente forem comprometidas por meio de uma violação de dados em seu site, a mesma confiança que você trabalhou tão arduamente para construir pode se dissolver rapidamente.

Para adicionar combustível ao fogo, os dados retirados do seu site podem ser usados ​​para tentar acessar outros sites. Como os pacientes habitualmente usam as mesmas informações para o seu site que usam para serviços bancários on-line e sua loja de varejo favorita, o hacker agora terá acesso a informações pessoais e privadas em todos esses sites.

Os pacientes modernos são muito experientes em tecnologia e notarão a falta de privacidade e segurança de dados do seu site. O uso de um certificado SSL para criptografar a transmissão de dados do seu website ajudará você a inspirar confiança nos visitantes do seu website e criar essa confiança crucial do paciente.

3. Aumentar as conversões do site

Aumentar as conversões do site

Enquanto um site desempenha um papel fundamental na retenção contínua de pacientes, muitos profissionais da área médica criam um site com o objetivo de adquirir novos pacientes. Para maximizar o retorno do investimento e aumentar a conversão de visitantes do site em visitas ao escritório, seu site deve exibir o indicador crucial de segurança da construção – o cadeado verde ou amarelo.

A maioria dos pacientes informa que irá procurar um ícone de segurança SSL ou um selo de verificação de segurança na página inicial, antes de enviar informações pessoais por meio de um site. Se o seu site não fornecer esse nível básico de proteção e segurança, é provável que seus visitantes cliquem em seus concorrentes em vez de solicitar um compromisso com você.

O SSL é uma abordagem barata para aumentar as taxas de conversão do site. Se os pacientes virem os sinais familiares de segurança em seu website, o ícone de cadeado e os “https” na barra de endereço, eles provavelmente preencherão e enviarão o formulário de solicitação de compromisso.

4. Aprimore a conformidade com o PCI

Aprimore a conformidade com o PCI

Como empresa, haverá oportunidades para vender produtos que você recomendaria para pacientes em seu site, ou talvez já seja uma parte próspera de seu modelo de negócios. Uma loja on-line alivia a necessidade de um paciente retornar ao escritório para um item de rotina. Ele também impede que os pacientes levem seus negócios a um varejista on-line como a Amazon, onde você geralmente não pode confiar na autenticidade ou na qualidade do produto.

O Padrão de Segurança de Dados do Setor de Cartões de Pagamento (PCI-DSS) fornece uma diretriz para empresas que lidam com cartões de crédito de marca, incluindo Visa, MasterCard, American Express e Discover. Eles ajudam comerciantes de todos os tamanhos a implementar políticas de segurança e processos on-line para proteger violações e roubo de dados do titular do cartão.

Parte do PCI-DSS exige o uso de SSL em sites de comércio eletrônico. O SSL criptografa as informações do cartão de crédito conforme elas são enviadas para um servidor de processamento da mesma forma que criptografa as informações do paciente de um formulário de contato.

Instituições de cartão de crédito podem cobrar multas como punição para os comerciantes que não cumpram com o PCI e aumentar as multas de forma constante. Essas instituições também podem multar um comerciante quando ocorrer uma violação de dados e basear as multas no montante de portadores de cartão afetados pela violação.

5. Aumente suas classificações do Google

Aumente suas avaliações do Google

Uma das principais prioridades do Google é enviar seus usuários para sites seguros. Eles promovem ativamente as melhores práticas de privacidade e segurança de dados para empresas na web para enfatizar a necessidade de navegação segura na Internet. Na verdade, o Google lançou recentemente um relatório semanal de rastreamento de seus esforços de criptografia para fazer a transição de todos os seus sites e serviços para SSL, bem como os esforços dos sites de terceiros mais visitados da web.

O Google leva a privacidade e a segurança tão a sério que agora aumentam a classificação de sites que se esforçam para proteger as informações de seus usuários, especialmente aqueles que usam a tecnologia SSL. Embora seja atualmente um sinal leve, o uso de SSL em seu site pode impulsionar seus rankings de SEO.

Com o tempo, o Google também sugere que o SSL pode desempenhar um papel ainda maior nos rankings, enquanto eles continuam a fazer campanha por uma Internet mais segura. Os sites inseguros poderão ver uma queda drástica nos rankings se isso ocorrer.

O SSL não é um upgrade de segurança que você exclui ou um anúncio pop-up que você fecha rapidamente. O pequeno sinal de bloqueio que você vê na barra de endereço significa que o site se esforça para proteger as identidades dos usuários e a integridade dos negócios.

Profissionais de saúde e seus sites médicos têm uma obrigação maior de proteger as informações de seus pacientes (pessoais e financeiras) do que outros sites de negócios. Atualize seu site médico com SSL para ajudar a proteger a confiança de seus pacientes, melhorar a conformidade legal do seu site, aumentar seu ranking do Google e converter mais visitantes do website em pacientes.

Hábitos de áudio Modernos
Blog, Company, Desenvolvimento de Site, Marketing, Marketing Digital

Hábitos de áudio Modernos

Hábitos de áudio Modernos: As varias formas de interação via áudio e sons passaram por algumas mudanças revolucionárias nos últimos 10 (dez) anos. Os dias do domínio terrestre do audio via Rádio ( FM e também os AM ) estão com seus dias contatos e chegando ao fim de uma era, isso ocorre à medida que novos formatos digitais, novas entregas e novos dispositivos aparecem ao nosso redor.

Novos Hábitos de áudio Modernos

Hábitos de áudio Modernos

Hábitos de áudio Modernos

Passamos algum tempo estudando, utilizando e confirmando se para tal os sistemas de entrega do áudio moderno, estão de fato entregando o que prometem. Tomando emprestado das seguintes fontes;

  • Instituto Reuters ,
  • Ofcom ,
  • Acast e o
  • IAB .

Um Enorme Campo para o Crescimento

Hábitos de áudio Modernos

Podcasting dá um passo de áudio para a cultura sob demanda em que vivemos hoje criado pela Netflix e outros. Talvez devido à natureza da voz, ou talvez devido às tecnologias legadas entrincheiradas, o áudio falado   continua a ser uma das poucas mídias que ainda dependem de um feed linear de conteúdo para a parcela de leões de seu tráfego. Apesar dos sinais de um declínio próximo, o formato de rádio continua resiliente; 9/10 adultos no Reino Unido ouvem rádio todas as semanas durante uma média de quase 21 horas por semana (75% de toda a audição de áudio é rádio ao vivo). No entanto, isso pode estar prestes a mudar à medida que novos formatos, novos criadores e mecanismos de exibição aparecem.

“58% dos editores de notícias afirmam que estarão se concentrando no áudio como prioridade”.

Em 2018, pela primeira vez, mais da metade da audição de rádio foi feita através de plataformas digitais (DAB / Online / Smart Speakers). Além disso, novos players de publicação de áudio estão surgindo; 58% dos editores de notícias afirmam que estarão se concentrando no áudio como prioridade, para atender à crescente demanda à medida que os hábitos dos consumidores mudam (73% dos proprietários de Smart Speaker indicam que querem mais conteúdo de notícias para ouvir) .

Levantamento de informação entre os Jovens

Hábitos de áudio Modernos

O áudio sob demanda atende principalmente a um grupo demográfico mais jovem de ouvintes habituais, treinado por sua utilização de serviços de streaming de música e separado dos comportamentos tradicionais de formato de rádio. Menos de um terço (29%) dos ouvintes de rádio semanais têm menos de 35 anos (aumentando para 41% dos que ouvem online).

No entanto, os dados demográficos dos ouvintes de podcasts influenciam desproporcionalmente os mercados mais jovens; 49% dos ouvintes de podcast semanais tinham idades entre 15 e 34 anos (77% dos ouvintes de podcast estão entre 18 e 54).

Altamente Engajado + Afluente

Os consumidores de áudio digital provavelmente são viciados em mídia; altamente envolvido neste meio e disposto a pagar por um serviço de qualidade. Assinantes de podcasts têm alta probabilidade de pagar por serviços de assinatura, 84% optam por pagar por um serviço para evitar publicidade , enquanto 31% usam bloqueadores de anúncios. Os consumidores têm 23% mais chances de pagar por serviços de áudio que pagam por notícias.

 

Além disso, os ouvintes de podcast costumam expressar a experiência de ficar “viciado” nesse formato. O amplo espectro de conteúdo oferece uma vasta gama de interesses e melhorias na entrega, o que significa que este meio é acessível onde a leitura e o rádio linear não serão suficientes. 50% das pessoas que dizem ouvir os podcasts passam 5 ou mais horas ouvindo a cada semana.

Dispositivos Móvel e Ipads

Embora a experiência de rádio tradicional dependesse de um receptor de áudio e alto-falante de posição fixa, talvez em torno da mesa do café da manhã ou no café local, o áudio digital moderno oferece uma experiência muito diferente. A tecnologia moderna, impulsionada pelo investimento em streaming de música, tornou o acesso ao áudio móvel instantâneo e contínuo.

“27% dos 18-43 anos participam de pelo menos cinco atividades on-line enquanto viajam, mas apenas 9% dos 35 anos o fazem.”

85% dos ouvintes de podcasts ocorrem em um dispositivo móvel e essa tendência continua a crescer à medida que novos comportamentos se desenvolvem. Jovens adultos são mais propensos a fazer multitarefa em seus smartphones enquanto viajam; 27% dos 18-43 anos realizam pelo menos cinco atividades on-line enquanto viajam, mas apenas 9% dos 35 anos o fazem. Enquanto a audição de rádio dispara de manhã cedo e novamente no início da noite, a audição de áudio digital é relativamente estável ao longo do dia.

Mudança na forma de Entrega

Os alto-falantes inteligentes, embora ainda sejam relatividade em sua infância, estão mudando a maneira como os consumidores interagem com a mídia. Em alguns anos, esses dispositivos se tornaram o produto de tecnologia de mais rápido crescimento, já que o telefone celular e seu efeito no áudio serão profundos. 18% dos americanos com mais de 18 anos possuem um alto-falante inteligente ou cerca de 43 milhões de pessoas. 54% deste mercado tem menos de 44 anos. No Reino Unido, 13% da população agora é proprietária, e um pouco mais de 16% de 16 a 54 anos.

Equipe iT9 Marketing Realiza diversos estudo ao Audios Modernos

Fazer Dinheiro

A publicidade de rádio nos EUA é uma indústria de US $ 30 bilhões e em US $ 1,7 bilhão, e tem sido resiliente nos últimos anos. No entanto, o áudio do rádio está escorregando; hábitos estão mudando, o demográfico está envelhecendo e novos padrões de medição tornarão esse formato mais difícil de ser vendido aos anunciantes. Novos formatos modernos com rastreamento e lances avançados estão se tornando mais atraentes e ganhando força rapidamente.

Não só isso, mas podcasts e áudio sob demanda são considerados atraentes para o anunciante devido à natureza de adesão do meio. Como os ouvintes de podcast procuram ativamente seu conteúdo de maneira semelhante ao vídeo sob demanda, o fator de engajamento é significativo

As receitas globais de publicidade podcasting crescerão de £ 347 em 2017 (dos quais 60% foram gerados nos EUA) para £ 509 em 2018 (47% ano a ano). No mesmo período, as receitas de publicidade do Reino Unido a partir de podcasts deverão aumentar para 11 milhões de libras (representando 67% de crescimento ano a ano em termos nominais).

No Reino Unido, a receita de publicidade em podcast era equivalente a pouco mais de 1% do total de publicidade em rádio do Reino Unido em 2017.

Obrigado por compartilhar seu tempo conosco.

Adoraríamos saber como podemos melhorar nosso serviço para atender às suas necessidades de publicação de áudio.

Se tiver algum problema, não hesite em nos contatar.

Blog, Marketing, Marketing Digital, Web, Whatsapp

Pacientes Faltam? Veja como Evitar as Desistências dos Pacientes

Pacientes Faltam? Veja como Evitar as Desistências dos Pacientes: Isso é uma rotina comum. Tanto que os Brasileiros são conhecidos internacionalmente por sua falta de comprometimento com horários. O tal “irei ver se dá”, “Chego em 10 minutos” e ou “Toh chegando”. Isso se reflete também nas clínicas médicas e consultórios. Os pacientes simplesmente Faltarem às suas Consultas Médicas previamente agendadas.

Pacientes Faltam com Freqüência?

Pacientes Faltam? Veja como Evitar as Desistências dos Pacientes

Pacientes Faltam? Veja como Evitar as Desistências dos Pacientes

Veja como Evitar as Desistências dos Pacientes Faltam

Mais incoerente que possa ser (Pacientes Faltam? Veja como Evitar as Desistências dos Pacientes), normalmente eles escolherão o melhor horário e sem avisar previamente, causando, além de transtornos para as Clínicas também diversos prejuízos financeiros. Claro, o profissionalismo da Clínica, deixou tudo preparado para a visita do paciente. Mas o horário agora tornou-se vago.

Após uma longa analise de nossa equipe aqui no iT9 Marketing. Desenvolvemos alguns formas de evitar a ausência dos pacientes. Pois essa é de fato uma tarefa essencial, para que nossos clientes conquistem um dos principais objetivos dos consultórios. Atender bem.

Mesmo com o conhecimento de que sejam muitos os possíveis fatores que acarretam no não comparecimento, a maioria das ausência pode ser evitada se as estratégias adequadas forem postas em prática.

Quero dizer que, não precisa mais se preocupar!

Com este artigo, você saberá exatamente como evitar que os pacientes faltem às consultas. Claro que este é um tom de brincadeira, pois comprometimento e profissionalismo deve vir sempre da clínica.

Saiba quais são os motivos que levam à ausência do paciente

Antes que estratégias sejam adotadas para atenuar o problema das faltas, é interessante conhecer as principais razões que ensejam o não comparecimento dos pacientes.

Muitos pacientes não lembram do agendamento, e quando chega o dia da consulta, simplesmente, a data passa despercebida. Outro fator relevante é que a saúde, muitas vezes, não é considerada prioridade por alguns pacientes. Logo, quando surge outro compromisso, este acaba tendo preferência.

De todo modo, seja qual for o motivo, as iniciativas abaixo auxiliam, de sobremaneira, na diminuição das faltas. Veja:

Regulamento de Cancelamento

Solicite aos pacientes que enviem mensagem, telefonem ou mandem e-mail quando precisarem desmarcar a consulta — mas que façam isso com, pelo menos, 24 horas de antecedência.

Assim, a agenda do consultório pode ser reorganizada.

Esclareça que, ainda que o cancelamento seja em cima da hora, o mais adequado é telefonar e avisar. Desse modo, o médico passa a ter condições de atender alguém que chegou mais cedo e está aguardando na sala de espera.

Estimule o Pagamento Antecipado

Um incentivo que irá agradar ao seu paciente é obter um desconto na quitação antecipada da consulta. Ofereça um valor mais em conta, caso ela seja paga no momento do agendamento.

Com essa estratégia, além do paciente se sentir mais satisfeito, o pagamento com antecedência evita prejuízos acarretados por uma possível ausência.

Utilize a Tecnologia a seu Favor

Atualmente, existe um leque de alternativas na forma de aplicativos de gestão que podem ser utilizados para facilitar a organização da agenda de um consultório médico. Isso porque os recursos tecnológicos que existem hoje otimizam as rotinas, evitando que marcação de duas consultas médicas seja feita no mesmo horário. Além disso, o contato com os pacientes se torna mais dinâmico.

Durante o cadastramento do celular do paciente, seria interessante perguntar se ele gostaria de ser incluído em um grupo do Whatsapp (à medida em que o seu tratamento terminasse, o cliente seria removido) e, ao aparecerem lacunas na agenda, a ideia seria manter todos informados.

Ou seja, todos os pacientes ativos seriam notificados simultaneamente e, em pouco tempo, as vagas seriam ocupadas. Isso, além de ser muito útil para o médico, é um benefício ao paciente, que passa a ter seu tratamento antecipado.

Outra maneira de disponibilizar a agenda on-line é criando um grupo fechado de pacientes ativos da clínica no Facebook. O grupo pode se chamar “horários de encaixe”, e facilita a vida de todo mundo.

Da mesma forma que no Whatsapp, na ocorrência de uma janela aberta, o cliente com data e horário disponível poderia ocupar a brecha.

De que adianta tanta propaganda e Marketing se a venda está com problemas? Cuidado! diz Danillo Leite SEO BRASIL

Zucubrara sp

Viu só como existem formas muito práticas de atenuar as ausências?

Ficou com alguma dúvida sobre como evitar que os pacientes faltem às consultas? Tem alguma dica que queira compartilhar?

Deixe um comentário!