Clients

Neurologista Infantil SP
Clients

O que faz o Neurologista Infantil (Neuropediatra)?

O que faz o Neurologista Infantil (Neuropediatra)?: A Neurologia Infantil, também conhecida como neuropediatria, é a especialidade que avalia o sistema nervoso central (cérebro, cerebelo e tronco encefálico) e periférico (nervos) das crianças.

O que faz o Neurologista Infantil (Neuropediatra)?

É o especialista médico Neurologista Infantil SP que acompanha o Desenvolvimento Neurológico das Crianças, através de Exames Clínicos em uma Clínica Neurológica, minucioso e análise das aquisições

  • Motoras,
  • Cognitivas e de
  • Linguagem ao longo do tempo,
  • permitindo diagnosticar e tratar doenças.

Os principais problemas trazidos ao neuropediatra são:

O que faz o Neurologista Infantil? Neuropediatra Moema

O que faz o Neurologista Infantil (Neuropediatra)?

O que faz o Neurologista Infantil (Neuropediatra)?

  • Dificuldade Escolar
  • Dores de Cabeça ou
    • Cefaleia
  • Hiperatividade e Déficit de Atenção (TDAH)
  • Tics,
    • Gagueira
  • Alteração do Tamanho da Cabeça e da
    O nome pode parecer até Complicado à primeira vista, mas o Perímetro Cefálico é algo bem simples e que precisa ser calculado para saber como está a saúde do bebê.

    • Forma da Cabeça
  • Epilepsia e
    • O Que são Crises Epilépticas? Crises epilépticas são sintomas decorrentes de descargas cerebrais anormais. Epilepsia é a condição ou a doença que provoca a ocorrência de crises repetidas
      • Crise Convulsiva
          • Convulsões generalizadas incluem o seguinte:
          • Convulsões tônico-clônicas.
          • Crises de ausência.
          • Convulsões tônicas.
          • Convulsões atônicas.
          • Convulsões mioclônicas, incluindo epilepsia mioclônica juvenil.
          • Espasmos infantis e convulsões febris.
  • Meningite
    • Inflamação das meninges, aguda ou crônica, quase sempre de origem infecciosa, com ou sem reação purulenta do líquido cefalorraquidiano.
  • Dificuldade para Caminhar ou
    • Dificuldade para Falar
      • Atraso para Falar
        • Em qualquer idade: Crianças que não Reagem aos Sons ou que não Balbuciam ou Produzem Sons com com a Voz.
        • Causas possíveis do Atraso no Desenvolvimento da Fala, quando não é apenas uma variação normal de criança para criança. · Alterações neurológicas que afetem a cognição (aprendizado, inteligência, memória).
  • Atraso para Caminhar
    • Durante a Primeira Infância, a criança pode demonstrar alguns traços que indiquem o atraso psicomotor.
    • É importante ressaltar que nesse período, do zero
  • Hipotonia (“molinho”, floppy baby)
    • Hipotonia: Condição da Solução que apresenta menor Concentração de Solutos do que outra.
  • Distúrbios do Sono tais como
    • Insônia,
    • Terror Noturno,
    • Bruxismo
    • Apnea obstrutiva
    • etc
  • Paralisia Cerebral
  • Doenças Musculares
  • Erros Inatos do Metabolismo
  • Doenças Degenerativas do Sistema Nervoso
    • Central e
    • Periférico
  • Autismo
  • Síndromes Genéticas

Neuropediatra SP

Neuropediatra, Neurologista Infantil e Pediatria

O pediatra precisa se atualizar constantemente sobre a melhor forma de fazer a vigilância do crescimento e desenvolvimento, linha dorsal da nossa especialidade, mas também sobre o manuseio das doenças crônicas em geral, não perder o foco de sua atenção em relação às doenças agudas, dentro de um contexto de iniquidade sociodemográfica e econômica.

Quando uma criança apresenta problemas no seu desenvolvimento cognitivo, emocional e/ou comportamental e se levanta a questão de quem ou o que pode ser responsável pelo problema, a maioria dos pais tende a culpar a criança e a maioria dos profissionais tende a culpar os pais!

No entanto, a maioria dos cientistas da área sabe que o problema está nos dois, além de estar nos genes, nos neurônios, nas sinapses, nos neurotransmissores, na escola, na vizinhança e nas políticas públicas.

Novas Morbidades

A literatura atual aponta o aumento das chamadas “novas morbidades”, ou seja, as alterações da saúde mental, como um novo desafio para a pediatria.

Mas, já em 1957 Wolf e Smith publicaram um artigo intitulado “O papel do pediatra na saúde mental das crianças” e reconheceram que o pediatra é uma peça-chave no acompanhamento da saúde física, psicológica e emocional infantil.2 Em1967, o cirurgião americano Richmond definiu o desenvolvimento infantil como “a ciência básica do pediatra” e destacou que “o estudo das aquisições cognitivas e emocionais, motoras e da linguagem é o que diferencia o pediatra de todas os outros especialistas médicos”

Afinal, onde começa e onde termina a missão do Pediatra?

Epidemiologia dos problemas de saúde mental da infância e adolescência

Nas últimas décadas tem sido relatado em todo mundo um aumento expressivo da detecção dos problemas comportamentais, emocionais e do desenvolvimento na infância e adolescência, com aumento proporcional até em populações de nível socioeconômico mais favorecido, mas mantém a prevalência absoluta mais elevada entre populações carentes.

Alguns autores sugerem que a tendência dessa situação é de pioria, uma vez que vemos apenas a ponta do iceberg.

O reconhecimento da epidemia de obesidade infanto-juvenil, como um grande risco para a saúde física e mental da nova geração, é inconteste e “visivelmente” evidente. No entanto, o aumento dos problemas de saúde mental da população pediátrica é menos “visível”, mas igualmente ameaçador.

TDAH – Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade

Alterações do desenvolvimento, como transtorno da linguagem e do aprendizado, deficiência intelectual, TDAH (transtorno de déficit de atenção e hiperatividade), TEA (transtorno do espectro do autismo) e outros problemas comportamentais já são as cinco causas mais frequentes de limitação das atividades usuais da criança por condições crônicas nos Estados Unidos, na frente até da asma ou das doenças respiratórias em geral.5,6,10

Vários são os fatores relacionados a esse aumento de prevalência, como mudança de critérios diagnósticos e maior conhecimento da população e da comunidade médica sobre esses transtornos, especialmente dos pediatras.

Também tem contribuído o atual conhecimento sobre os múltiplos determinantes do desenvolvimento infantil, tanto biológicos (como a predisposição genética) como ambientais, e as experiências precoces, que influenciam o cérebro em desenvolvimento, incluindo mudanças do “estilo de vida” das famílias, tanto as que residem em áreas urbanas como rurais.

Mídia em Transição 10: Democracia e Mídia Digital
Blog, Clients, Company, Desenvolvimento de Site, Marketing Digital

Mídia em Transição 10: Democracia e Mídia Digital

Em 1998, o programa de Estudos Comparativos de Mídia do MIT realizou a primeira conferência Media in Transition (MiT) e inaugurou uma série de livros relacionados. A pesquisa dessa primeira conferência MiT apareceu em Democracy and New Media, Jenkins e Thorburn, orgs., (MIT Press, 2003). Agora, (20) vinte anos depois, estamos organizando a décima iteração do evento. Muito mudou ao longo dessas duas décadas, mas o tema “democracia e mídia digital” é tão urgente quanto antes.

Mídia em Transição 10: Democracia e Mídia Digital

Mídia em Transição 10: Democracia e Mídia Digital

Marketing Digital veio para interagir agregar e mudar a forma como fazemos Marketing. Danillo Leite, deixa pela primeira o Campus de Harvard Business, para literalmente pular o muro e adentrar novamente no MiT. Representando o iT9 Marketing e o que pretendemos evoluir para o se manter sempre focado no presente, nos preparando para o futuro.

Democracia e Mídia Digital

Vinte anos (20) atrás, não havia:

  • Facebook,
  • Twitter ou
  • Netflix.
  • iPhones e

Samsung Galaxies ainda não chegaram às Prateleiras

E Siri e Alexa ainda estavam em desenvolvimento. Desde 1998, a mídia passou por uma grande transição. Assistimos a uma mudança do Napster para o Spotify, da Web 1.0 para a 2.0, da CU-SeeMe para a Twitch TV e além dela.

Experimentamos a ascensão das mídias sociais, da mídia cívica, das culturas algorítmicas e temos visto uma concentração cada vez maior de propriedade da mídia.

Eventos de 11 de Setembro

Os eventos do 11 de setembro catalisaram a vigilância do estado e a segurança privatizada usando várias tecnologias de mídia. Sob essas mudanças, há grandes transformações na infraestrutura de mídia global, na plataformatização da Internet e na onipresença do telefone celular.

Nos EUA (Estados Unidos da América), também temos visto mudanças no ecossistema de notícias com os gostos da ProPublica e o jornalismo de envolvimento comunitário. Ao mesmo tempo, a confiança pública na mídia caiu de 55% (Cinquenta e cinco) em 1998 (um mil novecentos e noventa e oito) para 32% (trinta e dois) em 2016 (dois mil e dezesseis), segundo um relatório da Pew.

Para melhor e pior, um crescimento de interesse no ritual da mídia e um declínio no paradigma de transmissão mais familiar está em andamento. Dadas essas mudanças, os conceitos de participação, confiança e democracia estão cada vez mais carregados e foram poderosamente reposicionados.

Como nossa Mídia de Notícias vai Parecer e Soar na Próxima Década?

O que podemos aprender da mídia do passado? O que as perspectivas internacionais podem revelar sobre a variabilidade e plasticidade das paisagens midiáticas? Como as fontes não tradicionais de aprendizado, produção de conhecimento e participação reformulam as esferas cívicas?

Estamos interessados ​​em como essas questões se desenrolam na mídia, seja representada em séries de televisão e filmes, ou representadas em regras e interações entre jogadores em jogos, ou ativadas em mídias comunitárias, música, mídias sociais e programas de rádio. Congratulamo-nos com a investigação que considera estas questões na mídia pública e mídia comercial, com usuários individuais e partes interessadas coletivas, através de infra-estruturas de mídia e textos de mídia, e incorporado em várias épocas históricas ou contextos culturais.

Danillo Leite
Blog, Clients, Company, Redes Sociais, SEO

Danillo Leite

Danillo Leite é reconhecido por sua expertise SEO para buscadores de internet, como GOOGLE, BING, Yandex entre outros além de Mídias Digitais. Ajudando os Médicos, clínicas e comerciantes a entender como as tecnologias novas e transformadoras afetam o negócio e a experiência geral em beneficio do cliente.

Danillo Leite

Desde que fundou sua consultoria, a IT9 Marketing Digital. Danillo tem trabalhado com autoridades de suas áreas, focando sua equipe para  ajudar a desenvolver e implementar estratégias de marketing digital eficazes à seus clientes.

IT9 Marketing Digital

Danillo conquistou sua experiência de Marketing e Mídia estudando ao redor do mundo. Como diretor de operações globais, ele criou um plano de marketing integrado para várias localizações.

Negócio de Consultoria – Danillo Leite

Além de seu Negócio de Consultoria, tem também o ABCTudo Notícias, Saúde ABCTudo, Aposentadoria Especial SP, Danillo Leite é amplamente reconhecido por sua excelência docente. Youtube, Google, Facebook, Twitter, Instagram, Linkedin, Piterest e sempre em busca de novidades para seus clientes e para seu time.

Danillo Leite está de malas prontas rumo novamente à Cambridge, Massachusetts, USA e onde irá estudar em Harvard University Marketing para aprimorar seus conhecimentos.Danillo Leite iT9 Marketing

Conhecimento ao Redor do Mundo

  • MTK Londres / UK
  • MTK EN Toronto / CN
  • MTK EN Nova York / US
  • MTK Boston / US
  • São Paulo MTK TOOLS EN  / BR

Nossa Equipe deseja muito sucesso e estamos à seu aguardo para aprender juntos as novidades do Mercado Global.

Links
Clients, Desenvolvimento de Site, Marketing Digital, Redes, Redes Sociais, Web

Busca Orgânica

A Busca Orgânica é uma forma de se obter respostas de maneira natural ao procurar determinada empresa, assunto, nome e lugar, por exemplo, nos mecanismos de busca, como o Google, o Yahoo! e o Bing.

Busca Orgânica? O que é!?!

Esses resultados se apresentam em forma de URLs (links), listados em ordem de relevância nessas ferramentas de busca, e não são obtidos

Busca Orgânica

através de propagandas, consequentemente, as pessoas acabam confiando mais nestas respostas do que nos links patrocinados.

Como funciona a Busca Orgânica

A maneira mais indicada e utilizada para que um assunto, empresa ou marca, por exemplo, esteja bem posicionada nas buscas orgânicas, é através da técnica conhecida como SEO (Search Engine Optimization).

Como o próprio nome já diz, é uma forma de otimização de sites utilizada para aumentar a visibilidade do seu produto e, ao mesmo tempo, de atrair mais usuários, gerando assim, credibilidade e fortalecimento da empresa.

Essa otimização é feita, basicamente, através do uso de palavras utilizadas estrategicamente como forma de resumir os temas abordados no texto, que devem estar em destaque com o intuito de gerar bons resultados para a empresa em questão; de conteúdos aprofundados e escritos conforme as técnicas de SEO. Além disso, deve contar com um layout funcional, harmonioso e agradável, e que, principalmente, tenha relação com a sua marca e com o seu público-alvo.

Atualizações necessárias para melhorar a Busca Orgânica

Busca Orgânica

Dentre tantas mudanças, atualizações e investimentos para auxiliar no ranqueamento das Buscas Orgânicas, as que mais acabam se destacando são o uso de vídeos, de links, das keywords (palavras-chaves), do RankBrain, da adaptação de sites para navegação através de aparelhos celulares, além d

 

os textos com conteúdos mais completos e de qualidade.

O RankBrain é um dos principais algarismos bases do Google. Ele influencia diretamente nas estratégias de SEO e se trata de uma inteligência artificial que interpreta os termos digitados no campo de busca e intui quais podem ser os possíveis resultados para a pesquisa desejada.

A adaptação dos sites para a versão mobile (Google Mobile First Index) ganhou força no ano de 2018 como forma de otimização para as Buscas Orgânicas, assim como o uso de vídeos complementares como estratégia para produção de conteúdos.

Os investimentos em textos mais aprofundados, relevantes e de qualidade, juntamente com o uso de palavras-chave

Busca Orgânica

s espalhadas estrategicamente ao longo de todo o conteúdo, fazem com que um link esteja bem posicionado no mecanismo de busca.

Uma observação importante, é que essas palavras-chaves apresentam melhores resultados quando acompanhadas das LSI Keywords (Latent Semantic Indexing Keyword), que são expressões ou palavras diretamente relacionadas às palavras-chaves principais do conteúdo em questão.

Busca Orgânica

Elas servem para que o texto seja associado ao seu tema principal e não tenha seus termos estratégicos (expressões, frases ou palavras)  confundidos com assuntos que utilizam a mesma palavra, mas com um sentido diferente.

Outro fator importante está relacionado com o uso de links internos e externos para validar ou até mesmo complementar alguma informação que esteja passando.

 

A importância da Busca Orgânica para a sua Empresa

Por isso, aqui na IT9 – Marketing Digital, você encontra profissionais especializados no assunto e capazes de fazer com que a sua empresa, serviço, serviço médico ou marca esteja bem posicionado na lista de buscas de qualquer mecanismo voltado para essa função.

Conforme as atualizações forem sendo realizadas, iremos nos reinventar para que a sua empresa apareça como uma das primeiras da página, e consequentemente, para que possamos entregar resultados satisfatórios para você.