Windows

Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511
Blog, Windows, Windows 10

Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511

Confira neste artigo como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511 (Threshold 2). Com esta opção, o fuso horário será definido com base na localização física do dispositivo.

Isso é útil principalmente para quem costuma viajar muito a trabalho com o laptop ou tablet.

No Windows 10 build 10240 e nas versões anteriores do Windows, o fuso horário só podia ser definido manualmente no painel de configurações de data e hora.

Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511

Para definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511, siga os passos abaixo:

– Clique em Configurações no menu Iniciar ou em Configs na Central de Ações:

Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511

Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511


Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511

Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511


– Agora clique em Hora e Idioma:

Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511

Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511


– Mova o slider da opção Definir fuso horário automaticamente para a posição Ativado:

Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511

Como definir o fuso horário automaticamente no Windows 10 v1511

Migrar para domínio sem perder o perfil local
Blog, Windows, Windows 7, Windows 8, Windows 8.1, Windows Server

Migrar para domínio sem perder o perfil local

Muita gente, quando vai migrar um usuário para domínio, pensa que não é possível “transformar” o perfil dele atual para o de domínio. Acabam fazendo backup de tudo (emails, documentos, icones, favoritos, etc.) criando outro perfil e importando tudo.

Isso dá muito tabalho e existe uma maneira simples. O usuário vai ficar com a mesma “cara”, ele nem vai perceber que entrou em domínio e você vai salvar um tempo precioso. XP e Vista.

Vamos lá. Primeiro coloque a máquina em domínio normalmente, como você já está acostumado. Depois, logue com o perfil de domínio para que o windows crie as pastas de armazenamento.

Agora faça logoff e entre como administrador. Vá no gerenciamento avançado do sistema (fig1)

perfil1

perfil1

Depois, vá em avançados, perfis de usuário, configurações (fig2)
perfil2

Veja que (fig3,4), para facilitar o tutorial, eu criei dois usuários. Um é a origem (perfil local) e outro é o destino (perfil de domínio recém criaro, que está atualmente vazio). Clique no perfil que deseja copiar e vá em “Copiar para”
Migrar para domínio sem perder o perfil local
Migrar para domínio sem perder o perfil local

Agora você vai escolher em qual pasta vai colar o perfil. No Vista estão em c:Users e no XP c:Documments and Settings, se me lembro bem. Depois de clicar em OK ele vai reclamar que já existe um perfil nesse local. Tudo bem, pois esse é o intuito.

Migrar para domínio sem perder o perfil local

Migrar para domínio sem perder o perfil local

E pronto!!! Em menos de 3 minutos você conseguiu migrar para o domínio e não perdeu nada do usuário. Essa dica serve também para outros fins, tipo, poderia mover o usuário de um pc para outro! Bastava a unidade C do computador remoto estar mapeada que você iria colar o perfil do usuário lá.

Executando programas com credenciais de Administrador
Blog, Servidores, Windows, Windows 7, Windows 8, Windows 8.1

Executando programas com credenciais de Administrador

Quem trabalha com TI com certeza já passou por situações onde um software precisa ser executado com credenciais de administrador, você daria esse privilegio a seus usuários?

Por questões de segurança, usuários utilizam contas restritas ou seja, não possuem privilégios de administrador, isso garante que usuários não possam alterar algumas configurações do computador como também a instalação de softwares. Alguns softwares necessitam de permissões para gravar em determinadas pastas ou modificar o registro do Windows e usuários restritos não possuem privilégios para concluir essas modificações.

Para resolver esse problema sem tornar o usuário um “administrador” basta utilizar o comando RUNAS também conhecido como “executar como” em nossa interface gráfica.

Abra as propriedades do atalho do software o qual pretendemos que seja executado como administrador.

runas1

Em destino, antes do caminho do executável inclua o comando Runas /savecred ficando

runas /savecred /user:administrador “C:WindowsSystem32cmd.exe”

Agora voce deverá clicar no atalho, será pedido uma senha, apos a digitação essa senha será memorizada pelo windows e não será solicitada novamente.

na figura abaixo voce poderá visualizar que o prompt esta sendo executado como administrador.

runas2

OBS: Neste exemplo utilizei o prompt de comando pois com ele é possivel exibir o usuario que esta executando-o, porem não recomendo esse uso em ambientes reais.

Caso seja necessário remover ou alterar a senha digitada use o console “contas de usuários” digitando “control userpasswords2” no executar.

Na aba “Avançado” clique em “gerenciar senhas”runas3

clique em credenciais do Windows, e modifique a credencial desejada.

runas4

outras senhas também serão salvas neste console como senhas de Área de trabalho remota.

Espero que tenham gostado e até o próximo.

Windows 8.1 Bug teclado e mouse PS/2 Solução
Blog, Windows, Windows 8, Windows 8.1

Windows 8.1 Bug teclado e mouse PS/2 Solução

O Windows 8.1, assim como seus antecessores, também possui suporte para mais de um dispositivo de entrada ao mesmo tempo. No entanto, quando um teclado ou mouse PS/2 é removido e um teclado / mouse USB é plugado e torna-se o dispositivo de entrada principal, o suporte para PS/2 é desabilitado.

O interessante é que na BIOS os dispositivos PS/2 funcionam perfeitamente, mas logo deixam de funcionar durante o início do carregamento do Windows (o funcionamento se restringe apenas ao console de recuperação do Windows 8.1).

No Windows dispositivos PS/2 são controlados por um serviço kernel chamado i8042prt. Quando um teclado ou mouse USB é adicionado substituindo um teclado ou mouse PS/2, o serviço i8042prt é forçadamente desabilitado. Isto ocorre como prevenção de conflitos entre dispositivos PS/2 e USB, mas se um dispositivo PS/2 for reinstalado, o serviço não reiniciará automaticamente. Bug teclado e mouse.

Solução – Reativar porta PS/2 manualmente | Windows 8.1

Para voltar a utilizar um teclado ou mouse PS/2, é necessário editar o registro do Windows para reiniciar o serviço i8042prt.
Obs: É altamente recomendável fazer um backup do registro antes de fazer alterações, na opção “Exportar” no editor do registro.

Abra o editor do registro Windows, digite regedit no menu iniciar e tecle Enter:

Bug teclado e mouse

Bug teclado e mouse

Navegue entre as seguintes hierarquias:

HKEY_LOCAL_MACHINESYSTEMCurrentControlSetServicesi8042prt

Edite o valor “Start” e selecione um valor hexadecimal ou decimal “1”, conforme figura abaixo:

valor start para 1 i8042prt correção bug portas ps2 windows 8.1

regedit alterar chave windows 8.1 i8042prt

 

Desligue seu computador, mude para seu teclado ou mouse PS/2 e ligue-o novamente!

PS: Não se esqueça que o Windows 8.1 praticamente hiberna seu pc e não desliga de verdade. Assim o problema vai persistir mesmo após o reinicio.
DESLIGUE a FRIO.

 

Como sempre, dúvidas é só gritar.